OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

​Dez alunos da rede municipal são selecionados para intercâmbio em Portugal

30 de ago de 2017 - Publicidade

Dez dias na Europa, em Portugal, visitando cidades como Lisboa e Sintra, refazendo os caminhos da família real e da corte portuguesa antes da chegada ao Brasil, visitando locais importantes e vivendo experiências inéditas. Essa será a oportunidade dada a 16 estudantes baianos de Salvador e Mata de São João que participaram do ‘Era uma Vez… Brasil’, projeto de arte-educação voltado para adolescentes do oitavo ano da rede pública municipal de ensino.

Depois de seis meses de atividades, o programa chegou à sua etapa final e anunciou ontem (29), em evento realizado no Teatro Gregório de Matos, em Salvador, os nomes dos estudantes que viajarão para o intercâmbio em novembro. Os 16 estudantes que representarão a Bahia na viagem participaram das duas etapas iniciais do projeto, realizadas desde março, e passaram por oficinas culturais de teatro, música, audiovisual, história em quadrinhos e capoeira. No segundo ano consecutivo do Era Uma Vez na Bahia, o projeto mobilizou 62 escolas municipais, sendo 18 em Mata de São João e 44 em Salvador.

Além do anúncio dos intercambistas, o evento desta terça-feira marcou também o lançamento dos filmes curta metragem feito pelos estudantes e do livro de HQs ‘O Dilema de Dom João’, que reuniu as 100 melhores tirinhas produzidas durantes o projeto. Além dos estudantes e professores, o evento contou também com a presença de representantes da rede Tivoli Hotels & Resorts, patrocinadora do projeto na Bahia, e das secretarias municipais de Educação dos Municípios de Salvador e Mata de São João.

“Nas etapas anteriores pudemos trabalhar desde a formação dos professores envolvidos até a convivência dos alunos em um ambiente de trabalho coletivo. Agora, nessa etapa final, eles poderão vivenciar o que os livros contatam nas histórias dos reis e rainhas em Lisboa, em uma conexão entre passado e presente”, resume Marici Vila diretora executiva da Origem Produções, que realiza o projeto.

Intercâmbio

Entre os representantes de Salvador estão: da Escola Municipal Amélia Rodrigues, no Tororó, Italo dos Santos, Luís Fabiano Silva e Nataly dos Santos; do Colégio Militar de Salvador, na Pituba, Matheus Francisco de Souza, Victoria Barbosa, Rebeca de Jesus e Luize Habib; da Escola Municipal 2 de Julho, no Trobogy, Mariene Marques e Ednei William dos Santos; da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, em São Cristóvão, Sabrine de Almeida; da Escola Municipal Hildete Lomanto, em Fazenda Garcia, Gabriel da Silva; da Escola Municipal Alfredo Amorim, na Ribeira, Ingridy da Graça; da Escola Municipal Alexandre Leal, Herbert Santos Ramos; da Escola Municipal Olga Figueiredo, em Cosme de Farias, Gabriel de França.

Além deles, viajarão também dois estudantes de Mata de São João: da Escola Municipal João Pereira Vasconcelos, Bárbara de Moura e da Escola Municipal Celia Goulart, Luciana Sampaio. Os estudantes baianos viajarão acompanhados dos professores Márcia Cleide Carvalho Muniz, da Escola João Pereira Vasconcelos, de Mata, e Mateus Sampaio de Sousa, do Colégio Militar, de Salvador.

Em 2016, 81 estudantes brasileiros, entre eles 21 baianos de Salvador e Mata de São João e 2 professores de história, foram ciceroneados pelo próprio Laurentino Gomes durante dez dias de vivências na Europa. O intercâmbio incluiu roteiros culturais que percorreram pontos relevantes para a história Portugal-Brasil como Terreiro do Paço, Palácios Nacionais de Queluz e da Ajuda, além de visita a mais de 23 museus, bibliotecas e escolas de Lisboa.

​Texto: Via Press
​Fotos: Tati Freitas