pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Abertura da Jornada Pedagógica 2017 reuniu cerca de 800 participantes

31 de jan de 2017 - Jornalismo

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) deu início à Jornada Pedagógica 2017 em solenidade realizada na manhã da segunda-feira (30), no auditório do Fiesta Convention Center. Com o tema “Projeto Político Pedagógico: tecendo fios de um currículo colaborativo”, o evento de abertura reuniu cerca de 800 participantes, entre diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos, professores e convidados. O objetivo da Jornada, que prossegue nos dias 1º e 3 de fevereiro nas Gerências Regionais, é promover um debate coletivo de gestores escolares, coordenadores pedagógicos e professores sobre a educação e sobre o planejamento do ano letivo para os mais de 130 mil estudantes da rede municipal.

Durante a cerimônia de abertura, o prefeito ACM Neto destacou, em seu pronunciamento aos educadores, os avanços conquistados pelo município na área de educação nos últimos anos, como o crescimento das notas do Ideb. Falou também da aplicação de recursos orçamentários na área, que passaram de 22,3% em 2013 para aproximadamente 28% em 2016. O prefeito salientou que as melhorias alcançadas pela educação municipal foram resultado de ações conjuntas, que envolveram decisão política da gestão, capacidade de planejamento e inovação da Smed e o trabalho realizado pelos colaboradores em cada uma das escolas e destacou os avanços nas notas do Ideb. ACM Neto tratou ainda de planos, objetivos e desafios.

A secretária da Smed, Paloma Modesto, exaltou o comprometimento claramente perceptível de todos os gestores, professores e servidores da rede municipal com a qualidade da educação pública. Tratou de alguns aspectos do Projeto Político Pedagógico, mas focou sua mensagem em exemplos de ações implementadas por gestões municipais que resultaram na conquista de uma educação de excelência, como ocorreu em Sobral, cidade cearense com cerca de 204 mil habitantes. Localizado a 203 quilômetros da capital Fortaleza, o município conseguiu, em dez anos, que a nota no Ideb saltasse de 4,0 em 2005 para 8,8 em 2015. Ela apresentou a experiência de Sobral, as políticas, estratégias e técnicas adotadas que alavancaram resultados expressivos, e também estudos desenvolvidos pela Fundação Lemann. A ideia, segundo ela, é conhecer e trazer para a rede municipal iniciativas que estão dando certo, para que Salvador construa uma educação de excelência.

Paloma Modesto fez menção especial às escolas e respectivas gestoras que se destacaram no Ideb de 2015: a Escola Agripiniano Barros (diretora Selma Costa), no Subúrbio, que teve o maior incremento na nota do Ideb, comparativamente a 2013; as escolas Armando Carneiro da Rocha (diretora Marcia Baião) e Recanto dos Coqueiros (diretora Cleide Marques), que tiveram as maiores notas nos anos iniciais; e a Escola Campinas de Pirajá (diretora Rita Lobo). “O prefeito disse e eu reitero, todas melhoraram. Isso é um feito extraordinário. Parabéns a todas vocês, que se envolveram, se dedicaram, vestiram a camisa. Parabéns para os nossos professores e para os nossos estudantes. E é nesse caminho que a gente vai persistir”, ressaltou a secretária.

O Projeto Político Pedagógico foi o tema da palestra da professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (UFBa), Lanara Guimarães de Souza, convidada pela Smed para aprofundar as discussões sobre o assunto. O evento foi marcado, ainda, por apresentações culturais, como a do Coral Hora do Saber, formado por alunos do projeto, situado na Chapada do Rio Vermelho, e da pesquisadora e idealizadora do projeto Cirandando Brasil, Nairzinha Spinelli. Estiveram também presentes na solenidade, o chefe de Gabinete da Prefeitura, João Roma; a diretora pedagógica da Smed, Joelice Braga; a presidente do Conselho Municipal da Educação, Lindalva Amorim; a professora e presidente do Fórum de Gestores, Ivonete Santos; e a presidente do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa, Cybele Amado.