pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Abertura dos Jogos Municipais promove show de cidadania

19 de out de 2007 - dev

Um verdadeiro show de cidadania e consciência ecológica ocupou o Dique do Tororó na tarde de hoje (19). Cerca de três mil alunos da rede municipal de ensino participaram do Desfile da Peimavera, que culminou, no Balbininho, com o ato de abertura dos Jogos Municipais Estudantis, cujas competições terão início no dia 20 de outubro. Cerca de 5.000 alunos da rede municipal de ensino, além de estudantes do Projovem, participam dos Jogos estudantis Municipais 2007.

Serão disputadas competições de futsal, handebol, vôlei, atletismo, natação, xadrez e capoeira. As equipes foram divididas nas categorias A, B, C, Noturno e Projovem (masculino e feminino).

A declaração de abertura oficial dos Jogos foi realizada pelo secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello. “A atual gestão resgatou os Jogos Estudantis Municipais pois acredita na importância do esporte na formação dos nossos alunos. O esporte, além dos benefícios físicos, é importante na medida em que valoriza noções como a importância do trabalho em equipe”, frisou.

Antes do pronunciamento do secretário, a aluna Laise Santos, da Escola Municipal Jequié, acendeu a pira dos Jogos Municipais Estudantis. Laise foi uma das pessoas que carregaram a tocha do Pan-Americano durante sua passagem por Salvador. Os alunos presente ao evento também assistiram apresentações de ginástica rítmica e a perforrmance da Escola de Educação Percussiva Integral.

Antes do ato oficial, ocorreu o Desfile da Primavera, que contou com a presença de diretores, coordenadores pedagógicos, professores e alunos de 47 escolas da rede municipal de ensino. Diversas entidades parceiras da SMEC também participaram do desfile.

Dentre elas, o Instituto Guanabara, que atende cerca de 400 crianças com deficiências mentais. A ONG tem convênio com a Secretaria Municipal da Educação e Cultura, que cede professores à instituição. O instituto, além do trabalho pedagógico, oferece assistência terapêutica e social aos jovens. Dentre eles, estava animada com a paricipação no desfile Verônica Silva Simões, 23 anos e portadora de Síndrome de Down. “Também sou aluna das aulas de Teatro no Instituto Guanabara e nas apresentações uma das coisas que mais gosto é a dança”, afirmou.

No Desfile da Primavera, as escolas prestaram homenagens à natureza e relizaram manifestações contra a degradação ambiental.