pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Agentes Mirins vão às ruas de Plataforma

29 de Maio de 2009 - dev

Os alunos do 5º ano da Escola Municipal São Braz, em Plataforma, lançaram nesta sexta-feira (29 de maio) do Projeto Agente Mirim. A ação é uma parceria entre as secretarias municipais da Educação e Cultura (SMEC) e da Saúde (SMS) e tem o objetivo de fazer com que os alunos da Rede Municipal de Ensino se tornem agentes multiplicadores de informações sobre o combate a dengue, nas comunidades.
De acordo com a diretora da escola, Olga Pessoa, esta iniciativa foi muito importante porque o problema da dengue não é apenas da saúde, mas também da educação. Para que as crianças se tornassem agentes foram realizadas diversas atividades em salas de aula abordando o tema. “Apesar de o projeto ser voltado para alunos do 5º ano, em todas as séries foram ministradas aulas explicativas. Eles fizeram cartazes, desenhos, caça-palavras, pinturas e ainda participaram de roda de leituras e construíram uma mosquiteca (pega-mosquitos feito de garrafa pet)”, diz.
Durante o evento os alunos participaram da peça teatral Xô Dengue. O estudante Fabrício Souza, 9 anos, fez o papel do mosquitão e disse que fazia questão de ser o personagem principal. “Eu adorei essa tarefa e espero ensinar as pessoas a combater a dengue”, conta. Quem também gostou da idéia de se tornar um agente mirim foi Letícia Nascimento, 9 anos. “Eu aprendi que devemos limpar o quintal, cortar as plantas e não deixar água parada. Já disse isso tudo lá na minha casa”, ressaltou.
O secretário de educação, Carlos Ribeiro Soares, marcou presença e parabenizou a escola pelo trabalho desenvolvido com os alunos. ”A conscientização de toda comunidade é muito importante para evitar o surto da doença. Torço para que os agentes mirins sejam exemplos para todos e levem para suas casas o aprendizado”, afirma.
No final das apresentações os agentes mirins foram às ruas, próxima a escola, distribuir panfletos e ensinar aos moradores do bairro as maneiras de eliminar focos do mosquito. As visitas às casas foram acompanhas por dois agentes de endemias, professores e fanfarra. A coordenadora do Plano de Contingência da Dengue, Lucélia Magalhães, esteve no evento representando o secretário de Saúde, José Carlos Brito.