Alunos da Escola Municipal 2 de Julho mergulham no universo de Jorge Amado e Zélia Gattai

08 de ago de 2019 - Jornalismo

Alunos fazem visita à Casa do Rio Vermelho

Relato da Escola Municipal 2 de Julho, localizada no Trobogy (GRE Cajazeiras):

“Em nossa caminhada rumo à Olimpíada de Língua Portuguesa 2019 percorremos as memórias dos nossos “Amados”, Jorge e Zélia. Partimos do texto “Parecida, mas diferente”, de Zélia Gattai. Abrimos o baú e vivemos emocionantes memórias e descobertas desse casal de escritores, e do “Lugar onde vivo”, tema das produções textuais da Olimpíada de Língua Portuguesa.

Nossos estudantes são empenhados, curiosos, participativos. Durante nossas rodas de leitura, vasculharam nossa Biblioteca e acharam exemplares de Jorge, inclusive “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, que já tínhamos iniciado a leitura através do Caderno Nossa Rede.

Vasculharam a internet buscando informações sobre a vida e obra do casal Amado. Dialogamos sobre entrevistas e documentários que os alunos garimparam, preciosas contribuições para as nossas aulas.

Protagonistas, os estudantes interagiram durante a visita à Casa de Jorge Amado, no Rio Vermelho, resultado de um estudo que despertou neles o sentimento de identidade e pertença à narrativa de Jorge e Zélia. Selamos nosso encontro com os nossos “Amados” recebendo o acolhedor abraço de Paloma, filha do casal.

O dia 6 de Agosto ficará para sempre marcado, não só como o dia em que Jorge será lembrado por sua passagem, mas também como o dia que passamos bem pertinho de Jorge.”