pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Alunos de escolas municipais participam, em Mata de São João, da segunda etapa do projeto Era uma vez… Brasil

26 de jun de 2018 - Jornalismo

Cerca de 50 alunos de 13 escolas municipais de Salvador embarcaram na manhã desta segunda-feira (25) para Mata de São João, onde participam da segunda etapa do Projeto “Era uma vez…Brasil”, chamada de Campus. Durante sete dias, eles, junto aos demais estudantes selecionados, participarão de cursos e outras atividades preparatórias para a etapa final do concurso, cujos ganhadores serão premiados com viagem inesquecível sobre a História do Brasil em Portugal.

Pais que estiveram presentes na despedida dos filhos para o acampamento estavam ansiosos e já com saudades, mas conscientes da oportunidade de aprendizagem para os filhos. Foi o caso de Eliane Souza da Silva Neves que é professora e mãe do aluno Mateus Lucas Santana das Neves que está entre os selecionados. “A gente fica com um frio na barriga em ficar sete dias sem vê-los mas sabemos que é uma oportunidade única tanto em ter essa experiência como adolescente e em estar em um acampamento com meninos da mesma idade, tendo a oportunidade de crescer, de conhecer, de aprender mais, de se desenvolver. Então, a gente fica tranquilo na expectativa de que vai dar tudo certo e eu estou torcendo que ele seja um dos contemplados para ir a Portugal”, disse Eliane.

Mateus Lucas Santana das Neves é aluno do 8º ano da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, situada em São Cristóvão, e foi um dos selecionados através do projeto que fez em vídeo sobre Saneamento Básico. Ele confessou que não imaginava que iria passar da primeira etapa e que não estava nem dormindo por causa da ansiedade. “Eu soube desse projeto através de minha mãe que é professora. Então me interessei e fiz todos os processos, mas não esperava estar entre os selecionados. Quando vi meu nome na lista fiquei muito feliz e desde que soube do acampamento não tenho dormido direito, tive até insônia”, revelou.

Mateus também falou da importância do Projeto e das expectativas. “É algo novo que está acontecendo em minha vida, vai ajudar muito em meu desenvolvimento e influenciar mais ainda em meus estudos. Por isso, a expectativa de estar com essa galera, conhecer gente nova e aprofundar mais sobre o assunto.”

A diretora Maria Eugênia de Oliveira Sampaio, da Escola Municipal Amélia Rodrigues, localizada no bairro do Tororó, falou da vivência dos três estudantes da unidade que foram para Portugal pelo projeto no ano passado. “Eles ficaram muitos felizes com a nova experiência, em poder estar no país onde tudo começou, de estar na terra da família real, saber mais sobre a vida de Dom João VI e conhecer lugares diferentes e encantadores. Foi uma alegria ouvir o relato deles sobre este intercâmbio”.

Ela ainda contou que a escola sempre tem alunos selecionados para a segunda etapa. “Nossa escola sempre é contemplada. Neste ano temos oito alunos que estão participando desta etapa, graças ao empenho e dedicação deles ao projeto. Junto com os professores, eles visitaram os lugares onde Dom João VI esteve aqui em Salvador, atuaram na construção das Histórias em Quadrinhos (HQ), depois produziram os vídeos e foram selecionados para essa etapa. Além disso, também conversaram com os alunos que ganharam no ano passado, compartilhando as experiências vividas no campus e como foi à viagem a Portugal, o que incentivou ainda mais a atuação deles nos trabalhos realizados. Estamos na torcida para que este ano mais uma vez nossos alunos tenham essa experiência”, finalizou.

Os alunos vão ficar sete dias no campus, onde irão visitar alguns lugares em Mata de São João, conhecendo outras culturas e se aprofundando ainda mais na História do Brasil. “Eles irão ter várias vivência. Não vamos ficar somente no acampamento, vamos conversar com pessoas que têm o conhecimento da história que são os povos quilombolas, ter um olhar mais humanizado e não ficar só na história política de Dom João VI e de como a elite viu a chegada da família real. Ou seja, a gente vai aprender com esses povos como eles se colocaram dentro desse cenário político. Eu fui aluna da escola pública e gostaria de ter tido a oportunidade de vivenciar tudo isso e ainda ter essa experiência em uma viagem internacional”, disse a monitora Mayara Priscilla de Jesus dos Santos, mestranda em História pela UFBA.

Participantes – Além dos 54 alunos da Rede Municipal de Salvador, participam dessa segunda etapa oito alunos do Colégio Militar e 38 alunos de escolas públicas de Mata de São João.

Rede Municipal – Foram selecionados para a segunda etapa do projeto alunos das seguintes escolas municipais de Salvador: 2 de Julho (Trobogy); Alfredo Amorim (Ribeira); Almirante Ernesto de Mourão de Sá (Paripe); Amélia Rodrigues (Tororó); Brigadeiro Eduardo Gomes (São Cristóvão); Elysio Athayde (Cajazeiras); Hildete Lomanto (Garcia); Ivone Vieira Lima (São João do Cabrito); Maria José de Paula Moreira (Ribeira); Olga Figueiredo de Azevedo (Matatu); Pirajá da Silva (Liberdade); Professor Alexandre Leal Costa (Nazaré) e Professora Suzana Imbassahy (Barbalho).