OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Alunos participam de bate-papo sobre mercado de trabalho

10 de out de 2012 - dev

Como seguir a carreira musical? Basta saber cantar ou tocar? O que é preciso para ser apresentador de TV? Estes foram alguns dos questionamentos feitos pelos cerca de 300 alunos, entre 13 e 16 anos, do 6º ao 9º ano, da rede municipal durante a terceira “Roda de Conversa” com profissionais.

O evento – que faz parte do projeto “Mediando Conflitos” da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) – aconteceu, nesta quarta-feira (10), no Teatro Solar Boa Vista, no Engenho Velho de Brotas. O projeto tem como objetivo difundir a cultura da paz nas escolas, além de proporcionar aos alunos o contato com diversos tipos de profissionais para saber um pouco mais sobre o mercado de trabalho e a importância de se estudar.

“Ser músico é estar sendo avaliado diariamente, ou seja, é preciso estudar muito. Estudei seis anos e não se vive apenas de tocar. Por isso, a importância de se ingressar na academia. Por exemplo, você pode ser produtor musical, instrumentista, existem várias funções dentro da área”, afirma o músico Joel Barbosa, mestre em clarineta e vice-diretor da Escola de Música da Ufba. “O diploma abre portas, mas é preciso lembrar que, para se fazer vestibular para o curso de Música, o estudante deve ter uma pré-formação. Inclusive, ele passará por uma prova prática para testar sua aptidão”, completa o também professor da Ufba Jorge Sacramento, mestre em Educação Musical.

Além dos instrumentistas, também participaram do encontro o apresentador da TVE Revista, Igor Baraúna; a diretora teatral Hilda Nascimento; o advogado Jailon Gama; a psicóloga Estela Santos; e o ex-jogador do Vitória e do Bahia, Edu Lima – hoje, comentarista esportivo. “Antes do jornal ir ao ar na televisão, as pessoas não sabem que tem todo um trabalho feito por uma equipe. Chego às 7h30 na Redação e começo a ler jornais, sites de notícias em busca de informações para depois fazermos as reuniões de pauta e de produção”, explica Baraúna sobre sua rotina de trabalho.

Nesta terceira rodada, participaram as escolas municipais Alexandre Leal Costa (Nazaré), Amélia Rodrigues (Tororó), Allan Kardec (Patamares), Ernesto Mourão de Sá (Paripe), da Palestina (Palestina), de Plataforma (Plataforma) e Helena Magalhães (São Caetano). O próximo encontro será no dia 24 de outubro e beneficiará mais sete escolas municipais.