pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Ano Municipal da Leitura- Cerca de 800 alunos participarão no dia 02 de agosto de aula a céu aberto

02 de ago de 2007 - dev

No próximo dia 2 de agosto o Centro Histórico vai se transformar no espaço perfeito para uma “Aula a Céu Aberto” de literatura e história. A atividade educativa e cultural vai reunir cerca de 800 adolescentes da 5ª a 8ª série de 24 escolas da rede municipal de ensino e tem como foco o estímulo à leitura crítica do público infanto-juvenil.

O evento, uma das ações do Ano Municipal da Leitura, vai começar às 14h, com a chegada dos estudantes na Praça Municipal e prevê que cada um dos grupos de alunos das 24 escolas visite uma das 24 instituições e espaços culturais do Centro Histórico elencadas para a atividade, a exemplo da Fundação Casa de Jorge Amado, Filhos de Gandhi e Ordem Terceira de São Francisco.

Em cada visita haverá a troca de um “presente literário”, escolhido livremente entre as instituições. Após a visita, os grupos de alunos serão ciceroneados por guias do Instituto da Hospitalidade, que vão apresentar-lhes o Centro Histórico. O retorno para a Praça Municipal está previsto para as 16h, quando os estudantes vão se reunir em torno de um palco onde haverá um show lítero-musical. O mestre de cerimônias será o poeta, compositor e professor de Redação, Jorge Portugal. Estão previstas intervenções literárias com a participação de poetas, escritores e atores, como Jackson Costa. O evento será encerrado às 18h com show do cantor e compositor Gerônimo.

A realização da Aula a Céu Aberto é da Secretaria Municipal de Educação (SMEC), Fundação Gregório de Mattos (FGM) e do Comitê Gestor do Ano Municipal da Leitura, que conta com representantes de vários órgãos, como as secretarias estaduais de Cultura e Educação e entidades, a exemplo da Associação Baiana de Imprensa e Academia de Letras da Bahia, além de empresas da área de comunicação.

A a Lei 7.097/2006, de autoria da vereadora Olívia Santana, tem como principal objetivo estimular a consciência coletiva da cidade sobre a importância da leitura para o desenvolvimento intelectual da população.

BIBLIOTECAS

Desde o início de 2005, a Secretaria Municipal da Educação e Cultura tem aumentado o número de bibliotecas instaladas na rede municipal de ensino. Atualmente, o sistema municipal de ensino conta com 58 bibliotecas (com acervos contando com mais de mil volumes cada) e 71 salas de leitura. Somente em 2006, foram implantadas mais 6 bibliotecas em escolas da rede municipal de ensino, totalizando 1.320 alunos atendidos. Além disso, 15 bibliotecas instaladas nas escolas abrem suas portas para a população das comunidades situadas no entorno dos colégios.

Diversas empresas estão contribuindo com a doação de livros. A empresa DPaschoal, por exemplo, doou 38.000 obras, contemplando todas as 365 escolas da rede municipal de ensino, as bibliotecas públicas e as 11 bibliotecas comunitárias de Salvador. Além disso, o Jornal A Tarde, a Unifacs e a Sul América Seguros também já realizaram doações de livros.E, recentemente, foram convocados 20 bibliotecários aprovados em concurso público, ampliando o quadro de pessoal dessa área na rede escolar de ensino.

“A equipe da Secretaria Municipal da Educação e Cultura também realizou o apoio técnico necessário para a implantação da Biblioteca Comunitária Lélia Gonzalez, no bairro da Mata Escura. Além disto, 11 bibliotecas comunitárias de Salvador receberam kits com livros sobre variados temas, assim como as 365 unidades da rede pública municipal de ensino, contemplando os mais de 170.000 alunos”, afirmou o secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello.

Outra ação foi a elaboração do Regulamento do Sistema de Bibliotecas, visando normatizar os serviços e definir os tipos de materiais disponíveis para empréstimo; os direitos e deveres dos usuários, as competências das bibliotecas e salas de leitura.