OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Bruno Barral e representantes de órgãos da Prefeitura conhecem detalhes do Censo 2020

13 de fev de 2020 - Publicidade

 

Quantos somos? Como somos? Onde vivemos? Essas são algumas das perguntas que serão respondidas a partir do Censo Demográfico 2020, que será realizado nos meses de agosto, setembro e outubro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para explicar os detalhes da pesquisa, foi realizada na tarde desta quarta-feira (12), no Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador a Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo Demográfico 2020. O encontro contou com a presença do secretário municipal da Educação, Bruno Barral e representantes de diversos órgãos da gestão municipal, que conheceram detalhes da pesquisa e as formas que poderão apoiar na realização da mesma.

A coleta de dados será realizada entre agosto e outubro de 2020, em todos os municípios do território brasileiro, atingindo 70 milhões de domicílios e 210 milhões de habitantes. Na Bahia, o IBGE pretende chegar aos 417 municípios, visitando 4,5 milhões de casas. Em Salvador, 950 mil domicílios devem ser visitados. Para isso, o chefe do IBGE na Bahia, Artur Ferreira Filho, pediu apoio dos órgãos municipais, inclusive das escolas, que servirão de apoio aos três mil recenseadores que realizarão a coleta de dados. “São 41 postos de coleta em Salvador e nós precisamos ter a sede física desses postos e pedimos apoio em relação à concessão dos imóveis públicos, como as escolas, para instalarmos nossas equipes em campo”, ressaltou.

O secretário Bruno Barral, ressaltou a importância dos dados da pesquisa para nortear os trabalhos na área da educação, principalmente de Salvador e elogiou o “IBGEeduca”, portal do Instituto apresentado na reunião, que já estará disponível em 2021. Voltado para a educação, o site é dividido para crianças, jovens e professores e, com formato e linguagem adequados a cada público, traz informações atualizadas sobre o território e a população do Brasil.

“Gostei muito do IBGEeduca, que permite essa interação entre as crianças e professores, permitindo inclusive, a divulgação de boas práticas em todo o Brasil. Além dos critérios de fundo de participação de municípios e critérios de planejamento de médio e longo prazo para a cidade, o censo facilita muito o controle da demanda no presente, mostrando onde temos que direcionar a construção de novas creches, onde é necessária a ampliação de vagas, enfim, o IBGE vai nos permitir, estatisticamente, ter informações valiosas que irão contribuir no desenvolvimento da educação de Salvador, para que consigamos fazer um plano para 2030 dentro de uma cidade baseada em dados e números concretos”, aponta Barral.

Além disso, o titular da pasta reiterou que a Secretaria Municipal da Educação (Smed) está a disposição para corroborar com os trabalhos do Instituto. “Nossa função hoje é ajudar e estaremos com a secretaria toda mobilizada, inclusive como pontos de apoio principais dos bairros e quero convocar a todos os soteropolitanos para que abram as suas casas para os recenseadores e respondam o questionário para que tenhamos as informações mais fidedignas possíveis” destacou Barral.

Foto: André Carvalho/PMS/SMED

ALC_1420_12.02_IBGE_Foto André Carvalho_SMED_PMS (22)
ALC_1420_12.02_IBGE_Foto André Carvalho_SMED_PMS (3)