pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Calçada de Escola Municipal Sociedade Fraternal é transformada em jardim

25 de set de 2018 - Jornalismo

Os alunos da Escola Municipal Sociedade Fraternal, localizada no bairro de Pau da Lima, transformaram um ponto de lixo, na calçada em frente à escola, em um lindo jardim. A iniciativa faz parte do projeto “Escola Verde com Afeto”, realizado pela ONG Canteiros Coletivos em parceria com a instituição de ensino, nesta terça-feira (25).

Coordenadora do projeto existente há seis anos, Débora Didonê contou que, apesar do coletivo já ter feito algumas ações em unidades escolares, essa foi a primeira vez que foi criado um projeto dedicado exclusivamente a elas. “Sempre recebemos demandas de escolas pedindo nossa ajuda para plantar e ajudar a retirar o lixo. Decidimos, então, abrir as inscrições para termos uma ideia de quantas escolas tinham interesse e contabilizamos mais de 200 inscritos. Inicialmente serão atendidas seis escolas, mas o nosso desejo é que esse projeto cresça para que possamos replicar em outros bairros”, revelou Débora.

O trabalho de transformação empolgou e mobilizou alunos, funcionários, pais e moradores da comunidade que, mesmo debaixo do sol forte, pintavam pneus, plantavam mudas de espécies e ajudavam na pintura da fachada. Inspirada na primavera, as flores, árvores e paisagens completaram os muros do espaço da fachada da escola, que também recebeu uma nova pintura pelas mãos do artista visual Thiago Nazareth. “Essa ocupação através do jardim e da arte, além de colorir e trazer beleza, reforça a importância da conservação dos espaços. É também uma forma de chamar atenção para a conscientização das pessoas”.

Motivação – A diretora da Sociedade Fraternal, Elenilda de Sá, revelou que o lixo já era um problema para a escola há cinco anos. Para tentar resolver o problema, foi realizada uma conversa com pais, moradores e com a equipe de professores. Assim surgiu o projeto de pertencimento #Fraternal, nome escolhido pelos alunos para solucionar problemas como esse.

“A retirada do lixo nunca foi um interesse só da gestão, mas sim de toda comunidade escolar e local. Quando souberam, os alunos ficaram muito animados. Inclusive,estudantes do turno da tarde pediram para vir pela manhã para participarem dessa prática. Essa mudança permite a troca de informações dos pais com os filhos e incentivam os alunos a virem para a aula”, afirmou a diretora.

O aluno do 5º ano, Lucas Santana, ajudou na limpeza e recolhimento do material e avaliou a situação do local antes e depois da intervenção. “Aqui na frente tinha um lixão com um fedor horrível, e agora estamos construindo um jardim. Vai ficar melhor e muito mais bonito”, afirmou, empolgado.

Mãe de uma aluna da instituição, Maria Cristina Ribeiro demonstrou satisfação com o projeto. “O lixo que ficava aqui na frente incomodava demais. Minha filha sempre reclamava do mau cheiro. Estou muito feliz de participar desse momento que vai acabar com o lixo, trazer flores e cores para a escola, e chamar atenção dos moradores para não jogar mais lixo aqui”, afirmou Maria Cristina.