pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Carta do Amigo da Educação – Professor Ney Campello

04 de dez de 2007 - dev

O SONHO NÃO ACABOU

Despeço-me da rede pública de educação de Salvador tomado por dois sentimentos muito fortes e muito representativos destes 03 anos que marcaram a minha passagem pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, GRATIDÃO e SAUDADE.

GRATIDÃO pela oportunidade que me foi concedida pelo Prefeito João Henrique a partir da indicação do Partido Comunista do Brasil, oportunizando-me a mais rica experiência profissional e pessoal que já passei em toda a minha vida. Posso assegurar-lhes que liderar este projeto, em meio a tantos desafios, restrições, potencialidades e perspectivas, é um aprendizado incomensurável, único, transformador e fonte de inesgotável sabedoria. E a primeira lição que os verdadeiros sábios nos recomendam é agradecer. A gratidão é o polimento da alma, uma virtude dos humildes. O meu sincero agradecimento ao Prefeito, aos colegas secretários e a todos colaboradores dessa gestão, que em maior ou menor medida contribuíram para o avanço da educação em nossa cidade. Não importa a angústia da retribuição, a dor da incompreensão e da desconfiança ou a tristeza com os ataques sorrateiros ou as dissimulações das falsas promessas. Uma grande obra não se constrói com ressentimentos e um bom obreiro cimenta sua obra com a liga do perdão e da gratidão.

OBRIGADO a todas e a todos dessa poderosa corrente do bem que tecemos no âmbito dessa rede. “Um galo sozinho não tece uma manhã”, diz Cabral de Melo Neto. Trilhamos o conselho do poeta e constituímos uma verdadeira equipe. Desconstituímos o modelo verticalizado de gestão, sustentando na autoridade da hierarquia, e organizamos coletivamente um novo modelo, baseado numa rede de competências e inteligências cooperadas, erigindo a autonomia como substrato da autoridade coletiva. Sedução, persuasão, honestidade de propósitos, tolerância, franqueza nas relações, respeito ao outro, ambiente harmônico, foram as poderosas ferramentas constitutivas desta equipe corajosa, vitoriosa, plenamente comprometida e engajada em defesa de uma educação pública de qualidade.

O outro sentimento é a SAUDADE! Saudade dos meus meninos e meninas, de cada olhinho brilhando nas nossas visitas às escolas, dessa meninada cantando o hino do Congresso Nacional Africano, recitando poemas, produzindo arte, conquistando êxitos nas olimpíadas das letras, das ciências e dos desportos. Saudade das rodas de ciranda, das aulas a céu aberto, dos beijos e dos abraços que seguirão comigo para o resto da minha vida.

SAUDADE dos nossos colegas professores e gestores, dos debates acalorados em busca de soluções para o drama da falta de recursos nas escolas, da busca de consenso em torno de um projeto de mudança na direção da aprendizagem e da autonomia escolar. Das negociações muitas vezes acirradas com a APLB/Sindicato, mas sempre permeadas pelo respeito e pela busca comum da valorização dos profissionais da educação.

SAUDADE dos nossos parceiros, do Conselho Municipal da Educação em sua função soberana de análise e aprovação de um novo marco legal, que produzirá já a partir do próximo ano, importante impacto na dimensão pedagógica do ensino nos ciclos de aprendizagem e na Educação de Jovens e Adultos. Do bom relacionamento com as universidades e faculdades, com quem reatamos uma ação construtiva e estratégica para a formação inicial dos profissionais do magistério. Do terceiro setor que nos ajudou a promover educação inclusiva e para a diversidade.

SAUDADE da minha equipe de coordenadores e assessores, sempre tão diligentes, dedicados, amigos, respeitosos comigo, solidários com as minhas orientações, dispostos a sacrifícios pessoais em nome do nosso projeto.

Se valeu a pena? Sempre vale a pena quando a alma não é pequena. Aí está uma rede mais organizada, modernizada, caminhando firmemente na direção de indicadores educacionais melhores e sustentáveis. Em apenas 03 anos deixamos a rede com um Plano Municipal, democrático e participativo, com os princípios e metas que nortearão o sistema público educacional para os próximos 10 anos, além de um Plano de Ações Articuladas, capaz de financiar os programas, projetos e ações da educação nos próximos 04 anos.

Salvador pode se orgulhar de ter estabelecido uma visão sistêmica da educação pública, integrada às grandes metas e diretrizes do sistema nacional de educação. Os anos que virão hão de confirmar uma tendência de progressão dos indicadores educacionais da rede municipal de ensino.

Mas a hora é de partida! Tenho absoluta convicção quanto à permanência e longevidade desse projeto. Construímos políticas de Estado em educação. Dificilmente lamentaremos a hipótese da desconstrução. Neste caso, a corrente do bem tornar-se-á a corrente da resistência, em defesa da educação como bem público, direito de todos e para cada um. Torço para que o Prefeito opte pela manutenção dessa equipe, pois não creio em sonhos sem pessoas, em projetos sem braços e corações, e tenho convicção de que as melhores pessoas estão aqui.

Desejo ao Secretário interino, Prof. Cláudio Silva, muita sorte, prudência, força e coragem, pois competência sei que ele tem de sobra. Por razões éticas sobejamente conhecidas, sinto-me no dever de informar que não mais me cabe qualquer interferência ou responsabilidade neste governo ou nesta gestão, mas estarei sempre disponível se necessário se fizer qualquer apoio de minha parte. Passo à condição de amigo da escola.

O sonho não acabou! Pelo contrário, voltamos a sonhar e a acreditar numa educação pública de qualidade. Mas é um sonho diferente porque coletivo. Estamos sonhando juntos como um grande reencontro de mentes e corações que pulsam e pensam a educação como via de transformação social e promoção humana.

O sonho não acabou e sonhos não estão ao alcance da vilania dos opressores, da apatia dos pessimistas, da esperteza dos manipuladores. Sonhos voam, combinam transgressões e subvertem a ordem quando menos esperam os oportunistas.

Viva a utopia do sonho que acalentamos em transformar a nossa cidade no mais belo exemplo de uma educação para a diversidade e para a plena cidadania.
Viva a nossa Cidade Educadora!
Que Deus abençoe a todos!

Ney Campello