OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Cerca de 800 alunos participaram do Dia Mundial de Limpeza das Praias

15 de set de 2007 - dev

Mais de 800 alunos do sistema municipal de ensino se integraram a profissionais liberais, representantes de ONGs, professores e estudantes de instituições de ensino superior e moradores de Itapuã, Cidade Baixa e Subúrbio (foto) no grande mutirão do Dia Mundial de Limpeza das Praias, realizado hoje (15), em praias de Salvador e mais 169 países ao redor do planeta. É a campanha mundial Clean Up the World, promovida na capital baiana pela ONG Joguelimpo, com apoio da Secretaria Municipal da Educação e Cultura. Em Salvador, as “faxinas” das praias envolveram cerca de 1.500 pessoas.

Segundo o coordenador da ONG Joguelimpo, André Papi, em 1997 um grupo de freqüentadores da Praia de Itapuã (praticante de esportes aquáticos) se engajou nesta campanha mundial, “depois de perceber a grande quantidade de lixo que era despejada na praia”. Desde então, vêm crescendo as adesões e a visibilidade do movimento.

Em Itapuã, um grupo percorreu o trecho entre a Sereia e o Farol da Barra e outro grupo veio da praia em frente ao Hotel Catussaba também em direção ao Farol de Itapuã. Munidos de sacolas plásticas biodegradáveis, eles realizaram a coleta seletiva neste trecho da orla. Ontem (14), as inscrições para a caminhada foram realizadas no Farol de Itapuã, mediante a doação de 1 kg de alimentos não perecíveis e um livro a serem destinados a associações.

Segundo a assessora Técnica da ASTEC/SMEC, Jaqueline Araújo, este é o momento onde os alunos praticam a teoria aprendida em sala de aula. “Através de ações como estas, nossos estudantes são sensibilizados e mobilizados ao engajamento na questão da necessidade da preservação ambiental”, frisou.

Tainá Monteiro de Jesus, 12 anos, aluna da Escola Municipal Orlando Imbassahy (CRE Pirajá), se deslocou de São Rafael para participar do Dia Mundial da Limpeza das Praias. “Preservar a natureza é importante para o meio ambiente e para o ser humano. Afinal, o ar poluído, por exemplo, prejudica a todos”, ensinou Taís.

Educação ambiental

Na atual gestão, a Secretaria Municipal da Educação e Cultura implantou um Núcleo de Educação Ambiental. Em 2006, todos os cerca de 4.000 professores da rede municipal de ensino receberam o Atlas Ambiental de Salvador e um caderno de atividades de Educação Ambiental. E os professores da rede são capacitados ao tema através de cursos e oficinas.

E no ano passado a Secretaria implantou, em parceria com a Limpurb, o Projeto de Coleta Seletiva de Lixo em unidades da rede municipal de ensino. O órgão distribui às escolas sacos para coleta e caixas coletoras feitas com orelhões danificados.

Além disso, diversas unidades do sistema municipal de ensino desenvolvem ações de educação ambiental. Na Escola Municipal Irmã Elisa Maria (Nova Brasília), por exemplo, os estudantes produzem brinquedos feitos com garrafas Peti. Já a Escola Municipal Zulmira Torres, localizada no Nordeste da Amaralina, desenvolve o Projeto Horta Educativa, realizado por estudantes e professores.

Já a Escola Municipal Malê de Balê, localizada na Lagoa do Abaeté, foi destaque na Revista Nova Escola. Com uma localização privilegiada para o enfoque da questão, a comunidade escolar articulou diversos conteúdos e criou uma cultura de trabalhar a questão ambiental todos os dias, com as classes de Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental. As crianças já estão familiarizadas com tarefas como a observação dos fenômenos da natureza e passaram a entender como se dão as interferências do ser humano na paisagem.