pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Agentes são empossados pela Secretaria da Educação

31 de ago de 2015 - Jornalismo

Menina de pouca renda, Renalva Santos apostou na educação para crescer e ajudar a transformar o destino de outras crianças. Formou-se em magistério, na antiga estrutura curricular do ensino médio, e deu aulas para estudantes do ensino fundamental por 20 anos.

Aos 58, Renalva, que agora cursa pedagogia em uma faculdade particular, fica feliz ao saber que um ex-aluno está cursando o superior ou  bem empregado.

É com essa dedicação que ela espera atuar como agente da educação. Além de Renalva, outros 319 estudantes de pedagogia foram empossados nesta segunda-feira, 31, para atuar no programa pelo secretário municipal da Educação, Guilherme Bellintani, e pelo prefeito, ACM Neto. A cerimônia ocorreu às 9h no hotel Fiesta, no Itaigara.

Esses estagiários vão acompanhar o desempenho dos alunos e conversar com os pais, quando algo estiver errado. “Será dever deles contatar os responsáveis pelo estudante quando ele  faltar ou  deixar de responder às atividades. Os pais ausentes nas reuniões escolares  também serão procurados”, explicou Bellintani.

Os agentes selecionados receberão orientações sobre o exercício até a próxima sexta e iniciam na próxima segunda. Outros 104 estagiários ainda serão empossados pela SEC, completando um quadro de 424 agentes. A carga horária semanal é de 30 horas, com remuneração de R$ 630,16.

Ao todo, 950 pessoas se inscreveram. Os selecionados passaram por três etapas:  análise de currículo, entrevista e dinâmica. Cada um deles  escolheu uma escola do bairro em que mora para atuar. “A proximidade com a unidade contou muito. Alguns moravam distante da escola onde queriam atuar e foram eliminados”, contou o secretário.

Evasão

Além de ter um objetivo mais amplo – o de fortalecer o vínculo entre escola, aluno e comunidade -, o secretário espera, com o programa, reduzir em 50% a evasão do ensino fundamental 1 nos próximos três anos. “Isso significa que duas mil crianças deixarão de abandonar a escola até o segundo semestre de 2018”, afirmou.

Dados da Smed apontam que aproximadamente cinco mil crianças abandonam as escolas da rede pública municipal. Com o programa, também será possível fazer um levantamento sobre as principais causas do abandono.

Orçado em R$ 5 milhões anuais, o ‘agente da educação’ conta com o apoio da Fundação Itaú Social, da ONG Parque Social e do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds).