pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Creche com recurso de shoppings será entregue em 2016

26 de out de 2015 - Jornalismo

A primeira creche pré-escola financiada com recursos do acordo firmado entre prefeitura e shopping centers com a cobrança de estacionamentos deverá ser entregue à população em meados de 2016.

A previsão para conclusão do empreendimento foi anunciada pelo prefeito ACM Neto na manhã desta segunda-feira, 26, durante a assinatura da ordem de serviço para a construção da unidade escolar, que vai funcionar na rua Ray Charles, em Tubarão, no Subúrbio.

A construção da escola, que integra o Programa Combinado, da Secretaria Municipal de Educação (Smed), além de oferecer ensino integral às crianças do bairro, tem como objetivo ampliar o número de vagas da educação infantil.

De acordo com o secretário municipal da Educação, Guilherme Bellintani, além desta unidade, estão previstas, ainda, a construção de 30 escolas de ensino integral para crianças de 0 a 5 anos, construídas com os recursos da iniciativa privada.

“Em dois anos, pretendemos criar 40 mil vagas para a educação infantil. Cerca de 25% dessas vagas serão ofertadas na região do subúrbio ferroviário”, completou.

Para o prefeito ACM Neto, a criação de novas vagas beneficia, também, as mães dos estudantes, que poderão deixar suas crianças nas unidades em período integral e buscá-las somente ao final de cada dia.

“Muitas estão sem trabalhar, porque não têm onde deixar os filhos durante o dia. Com o esforço exclusivamente municipal, estamos tentando resolver esse problema”, disse.

Agentes

Antes da assinatura da ordem de serviço para a construção da unidade, o prefeito ACM Neto e o secretário da Educação acompanharam os agentes da Educação no primeiro dia de atividades extraclasse.

Os profissionais, selecionados pela gestão municipal em julho, vão acompanhar o envolvimento de alunos e pais nas atividades escolares. Para isso, eles vão atuar na comunidade, na casa de cada aluno, e estimular a participação da sociedade na educação.

A intenção, de acordo com o secretário Bellintani, é combater a evasão escolar e  amenizar problemas como as dificuldades de aprendizagem.

“Nós selecionamos, em julho, 300 profissionais. São estudantes de pedagogia que moram na comunidade e conhecem a fundo os problemas de cada uma. Ainda vamos disponibilizar mais 120 vagas até o final deste ano”, disse.

A família da professora aposentada Ângela Maria Carvalho, 62, moradora do bairro de Paripe, foi uma das primeiras visitadas pelos agentes da educação na manhã desta segunda.

A professora é responsável pela educação dos quatro netos, que estudam na escola municipal Dom Pedro I, no mesmo bairro.

Segundo Ângela, o apoio de professores da escola foi essencial para a permanência dos netos na escola hoje. Os garotos, que têm de 4 a 12 anos, perderam a mãe há dois anos e quase pararam de estudar.

“Maria Luiza, a neta mais velha, que está com 12 anos, chegou a repetir a 5ª série do ensino fundamental porque entrou em depressão após a perda da mãe. Não fosse o incentivo dos professores, ela teria largado tudo. Hoje, ela voltou a ter prazer em estudar”, contou.