pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Rede municipal de ensino terá novo plano pedagógico e material didático próprio

04 de set de 2015 - Jornalismo

Em convênio com Instituto da Chapada, prefeitura vai elaborar novo plano pedagógico municipal

Uma aula de geografia onde o cenário e o enfoque seja a Baía de Todos-os-Santos. Estudar a importância da capoeira na cultura soteropolitana ou quem sabe fazer contas usando elementos mais próximos da realidade. A partir de uma visão regionalizada de projeto pedagógico que já é implantado na Chapada Diamantina, Salvador terá um conteúdo mais exclusivo nas salas de aula a partir do próximo ano, para estudantes do 1º ao 5º.

 O novo projeto pedagógico da rede municipal de ensino será construído por meio de um convênio com o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (Icep), assinado na manhã desta sexta-feira (4) pelo prefeito ACM Neto, o secretário municipal de Educação, Guilherme Bellintani, e a presidente da organização, Cybele Amado. Todo esse novo material será construído com a colaboração dos professores da rede municipal. Serão investidos R$ 6,3 milhões ao longo de dois anos para implantação do material.
“A cidade passa a ser a grande centralidade do nosso projeto pedagógico. Vamos continuar e falando de Brasil, de mundo, mas o livro adotado em Salvador vai ser inédito, vai ser produzido na própria cidade”, explicou Guilherme Bellintani.
A elaboração do projeto pedagógico está dividido em três fases, e a primeira delas começou em junho deste ano, com a consulta entre os professores da rede. Segundo o secretário Bellintani, mais de 2 mil professores participaram das reuniões nas regionais de educação em Salvador. “A segunda etapa é a própria construção disso, que é reestruturação da matriz curricular, elaboração dos materiais que vai ser aplicado em sala”, explica. A última fase é a entrega dos materiais, que vai acontecer a partir de fevereiro do ano que vem.

Ainda segundo Bellintani, a entrega do material pedagógico vai acontecer progressivamente, conforme o ano letivo transcorrer. “Em fevereiro entregamos o material da primeira unidade, em abril o da segunda e assim sucessivamente”, explicou. Mas todos os alunos de toda a rede vão receber o material ao mesmo.

Durante a assinatura do convênio, o prefeito ACM Neto destacou que o objetivo dessa reestruturação é melhorar a qualidade e os índices da educação básica da rede. “A nossa ideia é estruturar a rede, pensando na qualidade de ensino, em potencializar os nossos alunos e tirar o máximo dos nossos professores. Sabemos que os resultados são a médio e longo prazo, mas vamos melhorar os índices da educação”, disse.

Reuniões

Os novos cadernos pedagógicos vão ter foco na aprendizagem dos alunos, mas com as identidades de Salvador. Serão revistas as diretrizes curriculares das disciplinas História, Geografia, Ciências, Matemática e Língua Portuguesa. “Nesse primeiro ciclo de um ano, vamos focar na produção dos cadernos pedagógicos de Português e Matemática.  É super importante não só produzir o caderno pedagógico, mas que ele conte as identidades culturais de Salvador”, detalhou.

Durante os últimos meses, Cybele visitou algumas escolas da rede e, para ela, o que falta é encontrar uma identidade da cidade na educação. “Os educadores de Salvador são incríveis, têm muita capacidade, muita competência. Tenho ido em várias escolas e o que percebi é que a rede está precisando de ajuda na sua própria identidade, no seu protagonismo”, pontuou.

O trabalho será dividido em alguns grupos de trabalho: nas escolas, nas regionais e nas institucionais. Além do novo material, diretores e coordenadores pedagógicos vão ter formação continuada, explica Cybele. “Vamos trabalhar com a formação continuada, tanto dos diretores, como dos coordenadores pedagógicos, a princípio, que são agentes muito importantes nesse processo”, afirmou.