pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Salvador ganha 20 mil novas vagas para educação infantil

07 de ago de 2015 - Jornalismo

Investimento da Prefeitura será de R$ 100 mil para crianças de 0 a 5 anos até fim de 2016

Salvador ganhará 20 mil novas vagas até o final de 2016 na educação infantil municipal, foi o que anunciou o  prefeito ACM Neto e o secretário municipal da Educação, Guilherme Bellintani, em coletiva apresentada na manhã de ontem(6).

O projeto está entre as principais metas estabelecidas pelo Programa Combinado, estratégia de gestão formulada pela Prefeitura para o biênio 2015-2016. “Essa iniciativa de dobrar o numero de vagas em creche e pré-escola tem elemento fundamental, que é a questão social. Além disso, há o impacto fundamental na educação, por que a gente sabe que quando a criança começa aprender desde cedo, cria-se uma base para que depois ela siga na sua vida de aprendizado, com muito mais eficiência e muito mais resultado. O social fica por conta da possibilidade de permitir que a mãe e o pai possam buscar o seu emprego sabendo que os seus filhos vão estar bem assistidos e bem cuidados pelas creches e pré-escolas da prefeitura.

De todas as ações no campo social hoje essa é a mais importante. Salvador tem uma divida histórica com as suas crianças que nós vamos resgatar a partir de agora. A mais antiga escola de educação infantil de Salvador tem 80 anos, nesse tempo foram criadas 20 mil vagas de educação infantil em nossa capital, em apenas dois anos nós vamos dobrar esse numero, ou seja, o esforço que foi feito ao longo de oito décadas nos vamos fazer em apenas dois anos. Essa é a política de inclusão social mais importante que nos poderíamos hoje implementar na cidade,” contou o prefeito ACM Neto.

No plano, é previsto a abertura de 40 novas unidades de creche e pré-escola. Os espaços vão contemplar diversos pontos da cidade, com foco nas áreas mais pobres da cidade. Os bairros de Fazenda Grande, Jardim Placaford, Periperi, Cajazeiras VIII, São Marcos, Cabula, Paripe, Vila Canária e Pirajá serão os primeiros a receberem as novas unidades. Além das novas 40 creches e pré-escolas, o projeto prevê ainda a reforma e ampliação de unidades já existentes.  “Existe uma distribuição geográfica muito equilibrada em toda a cidade, mas é claro que o foco principal foi olhar a demanda desses bairros e também o nível de pobreza e de necessidade em vagas de creches e pré-escola,” explicou Neto.

Ainda segundo o prefeito, o investimento realizado é o maior da prefeitura, em qualquer segmento, esse ano. “Ao todo nós temos um investimento de R$ 100 milhões de reais o que vai significar o maior investimento que já foi feito em toda a historia de Salvador na educação infantil. Mas não é só isso,  é o maior investimento feito pela prefeitura esse ano,” contou.

De acordo com o secretário de educação municipal, Guilherme Bellintani, o investimento será dividido em dois eixos de atuação. “Dividimos basicamente em dois eixos principais de atuação: O primeiro se refere à construção de novas unidades, no total serão 40 unidades, além disso, 59 escolas e creches já existentes serão ampliadas, o que é muito bom, pois se refere a locais que já tem uma relação com aquela comunidade,” explicou.

Bellintani já adiantou que a maior parte das vagas será destinada somente ao subúrbio de ferroviário, e o restante, distribuído pelos bairros pobres de Salvador. “Os locais foram escolhidos com base na própria demanda, ou seja, além da nossa lista de reservas ou de prioridades de crianças que ficaram de fora, casamos isso com o mapa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no que se refere a crianças de 0 a 5 anos não atendidas por creche ou pré escola. Por isso a divisão de 25% das vagas para o subúrbio ferroviário da cidade e os outros 75% em bairros pobres da cidade que tem uma demanda histórica por creche e pré-escola, por tanto uma escolha completamente técnica,” finalizou o secretário de educação.