pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Concurso de redação sobre corrupção aguça cidadania dos alunos

09 de out de 2012 - dev

Os alunos vencedores do concurso de redação “Corrupção o que você tem a ver com isso?”, realizado pela Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), em parceria com o Ministério Público da Bahia e o jornal Tribuna da Bahia, foram premiados na manhã desta terça-feira (09). Durante o período de eleição, cerca de 4.500 alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino participaram do concurso.

Os três alunos selecionados foram contemplados com uma coleção de livros de literatura, terão suas redações publicadas no jornal Tribuna da Bahia e a vencedora (1º lugar) ganhou um notebook. A vencedora do concurso, Júlia Almeida, 13 anos, aluna do 8º ano da Escola Municipal Amélia Rodrigues, que quando crescer quer ser médica, já acreditava na vitória. “Estou muito feliz e orgulhosa de mim mesma e minha família também vai ficar muito feliz. Eu estava confiante que seria a vencedora”, comemorou a aluna.

O tema da redação foi trabalhado nas salas de aula de 41 unidades de ensino, por meio do projeto “Corrupção, o que você tem a ver com isso?”, criado pelo MP como forma de conclamar a sociedade brasileira a se envolver ativamente no combate ao crime. “Foi uma surpresa para mim, estou muito feliz e satisfeita em estar aqui. Agradeço a minha professora de português que me ajudou, dando uma aula sobre a corrupção, uns três dias antes de fazermos a redação”, declarou a 3ª colocada, Jade Barreto, 14 anos, aluna do 9º ano da Escola Municipal Centro Educacional Carlo Novarese.

“Estamos felizes em ver que nossos alunos estão pensando, produzindo e é isso que a rede municipal quer, queremos ver nossos estudantes contribuindo para a nossa cidade”, comemorou Gilmária Cunha, coordenadora de Ensino e Apoio Pedagógico da Secult. Para o 2º colocado, foi uma satisfação ter participado do concurso. “Estou alegre em ter participado desse concurso, assim como participo de vários em minha escola. É uma satisfação muito grande, pois estou sempre aprendendo”, afirmou Pedro Alves, 13 anos, aluno do 8º ano da Escola Municipal Governador Roberto Santos.

Para a promotora de Justiça e coordenadora do concurso, Eliete Rodrigues, o concurso serviu para estimular os jovens a pensarem nessa causa. “Com concursos desses tipos estaremos ajudando os estudantes a participarem de forma crescente nesse processo de cidadania e combate a corrupção”, afirmou à promotora.

SABER NA ESCOLA – A ação também contempla outro projeto, o “Saber na Escola”, que utiliza o jornal impresso como ferramenta de incentivo à leitura, tornando possível aos estudantes conhecerem e opinarem sobre os fatos do cotidiano. Também por meio do projeto, cerca de 1400 alunos de 28 escolas visitaram a sede do jornal, conhecendo todas as etapas de produção do jornal, desde as pautas na redação até a impressão e distribuição do jornal nas bancas.

Estiveram presente no evento além de Eliete Rodrigues e Gilmária Cunha, a diretora de Marketing do jornal Tribuna da Bahia, Ana Beatriz Sampaio, a coordenadora Regional de Educação (CRE) Cabula e Centro, Corina Miranda e Cristiane Navarro, respectivamente.