OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Crianças do Cmei Castro Alves participam de atividades de estímulo à leitura

18 de set de 2017 - Publicidade

Estimular o gosto pela literatura e fomentar o prazer da leitura, utilizando como fio condutor as obras de autores como Ziraldo, Monteiro Lobato, Maurício de Sousa, Jorge Amado, entre outros é um dos objetivos do projeto “Nas asas da literatura, cada história é uma aventura!” do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Castro Alves, localizado na Boca do Rio.

Através desse trabalho, desenvolvido pela pedagoga Adriana Rodrigues, as crianças do grupo 5 já tiveram a oportunidade de conhecer as aventuras do Menino Maluquinho, da Turma do Sítio do Pica Pau Amarelo e, mais recentemente, conheceram a história do “Gato Malhado e a Andorinha Sinhá” de Jorge Amado.

Para conhecer mais da vida do autor baiano, as crianças participaram de uma aula-passeio ao “Memorial A Casa Do Rio Vermelho”, no final de agosto. “Foi uma manhã maravilhosa e muito rica onde as crianças puderam perguntar, interagir e conhecer esse espaço tão significativo da cultura baiana”, afirma Adriana. “No final da visita conheceram o neto de Jorge Amado, João Jorge Amado Filho, que recebeu a turma com muito carinho.”

Através do projeto, os alunos assistiram, no início de setembro, ao espetáculo “Era uma vez… Uma história de príncipes e princesas, no Teatro Jorge Amado. “Elas tiveram a oportunidade de conhecer de perto a Turma da Mônica e se deliciar com histórias que remetiam aos grandes clássicos infantis. Foi realmente um dia bastante especial para a galerinha que riu a valer com as aventuras da Mônica e seus amigos”, diz a professora.

De acordo com ela, o projeto tem conquistado avanços em leitura e escrita, além de outros campos de conhecimento. “Em breve, a turminha irá lançar a “BIBLIOTECA AMIGA” onde as crianças dos outros grupos poderão levar para casa livros de histórias para se deleitar com as suas famílias”, conclui Adriana.