OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Culminância de projeto sobre a Copa do Mundo movimenta a Escola Municipal Adilson de Souza Gallo

02 de ago de 2018 - Jornalismo

Por quase dois meses, a Copa do Mundo da Rússia 2018 se transformou num verdadeiro aprendizado para alunos da Escola Municipal Adilson de Souza Gallo, em Pirajá. Durante esse período, os estudantes do grupo 4 ao 5º ano fizeram diversos trabalhos que trouxeram aspectos socioculturais dos países participantes do mundial. A culminância do projeto “Escola Municipal Adilson de Souza Gallo na Copa do Mundo” ocorreu, nesta sexta-feira (27), com a presença dos alunos, docentes, pais e responsáveis.

Maquetes com material reciclado, bandeira do Brasil com garrafas pet, a taça em papel crepom e um “livro gigante” foram alguns dos trabalhos que mais chamavam atenção. O “livrão”, como os próprios estudantes do 1º ano vespertino apelidaram, atraiu olhares de pais e mães que visitaram a sala. O conteúdo enriquecedor trazia palavras cruzadas das expressões mais usadas na copa, mapas e noções de figuras geométricas a partir do desenho das bandeiras dos times que disputaram o mundial.

A coordenadora da escola, Daniela Silva, destacou o quanto a atividade foi importante para o aprendizado da garotada. Segundo ela, foram abordadas questões como respeito entre os povos, características do meio ambiente e pluralidade cultural. “Eles ficaram envolvidos e o resultado foi muito bom. Tenho certeza que aprenderam bastante”, afirmou.

A pequena Eduarda Vitória Argolo, de 6 anos, fez questão de mostrar sua produção. Num cantinho da sala, um mural com bandeiras da França e Rússia feitas em pratos de isopor e pintadas em tinta guache. Perguntada sobre a diferença entre os dois símbolos que trazem as mesmas cores e mudam apenas na disposição das faixas, ela prontamente respondeu. “A da França é em pé e a Rússia é deitada”, explicou a pequena.

Entre os pais e mães que visitaram a exposição estava a camareira Taíse Santos, 35 anos, mãe do pequeno João, 5 anos, Bianca, 11 anos, e Beatriz, 12 anos. Para ela, a ideia de trabalhar os países participantes da Copa do Mundo da Rússia 2018 foi fantástica. “As minhas filhas mais velhas se envolveram, pesquisaram, trouxeram figuras e aprenderam muito. Levaram da escola para casa muito conhecimento. Até eu aprendi”, brincou a mãe.

Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms