OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Direito da população jovem é tema de projeto educacional

10 de ago de 2012 - dev

Formação de jovens líderes, entre 14 e 18 anos, da rede municipal de ensino, através de ações sociais, educacionais e culturais para contribuir para uma educação mais qualificada e multiplicadora. Este é o objetivo do projeto “Promovendo direitos de jovens: cultura, saúde sexual e reprodutiva em Salvador” lançado, na tarde desta sexta-feira (10), no auditório da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), no Cabula.

Cerca de 350 alunos das escolas municipais Hildete Bahia de Souza (Pernambués), 22 de abril (Tancredo Neves), Marisa Baqueiro Costa (Saramandaia), Yves de Roussan (Cia I) e Carlos Formigli (Tancredo Neves), além da Cidade Mãe e do projeto Sinaleiras do Ministério Público do Trabalho (MPT) participarão, até o mês de novembro, de oficinas que abordarão temas de interesse da juventude. O projeto é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa), Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), Uneb, Fundação Cidade Mãe (FCM) e MPT.

“O objetivo é trazer esta linguagem própria dos jovens, como grafitte, criação literária, teatro e dança, para discutir temas importantes sobre direitos sexuais e reprodutivos e prevenção às DSTs e Aids para que eles possam se tornar multiplicadores e mobilizadores em sua comunidade”, explica a coordenadora de Ensino e Apoio Pedagógico da Secult, Gilmária Cunha, ressaltando que no ano passado o projeto foi voltado para educadores da rede municipal. “As oficinas são um momento criativo, produtivo e uma oportunidade para levarmos ao nosso bairro e incentivar os vizinhos para que voltem às aulas”, destaca Jéssica Castro, 17 anos, estudante do 8º ano da Escola Municipal Hildete Bahia de Souza.

Durante o evento, o centenário de nascimento do escritor baiano Jorge Amado, comemorados nesta sexta-feira, também foi lembrado na apresentação do esquete teatral “Jorge, o Amado”, encenado pelo grupo de teatro Resistência, formado por adolescentes que cumprem medida socioeducativa. Além da coordenadora Gilmária Cunha, participaram do encontro Fernanda Lopes, oficial do Brasil do Unfpa; Victor Carvalho, diretor de Comunicação e Marketing da ONG Pierre Bourdieu; Lídia Boaventura, assessora da Reitoria da Uneb; Neila Santos, assistente social da FCM; e Sandro Correia, representante da Fundac.