pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Diretora da rede municipal ganha prêmio de gestão escolar e recebe certificado nos EUA

18 de dez de 2007 - dev

Recentemente, 24 gestoras de escolas públicas do país, uma de cada estado, receberam o Prêmio Nacional de Gestão Escolar, conferido, dentre outros, pela UNESCO e Fundação Roberto Marinho. Na Bahia, a vencedora é diretora da rede municipal de ensino de Salvador. Jacilene Santos da Silva é diretora da Escola Municipal Parque São Cristóvão João Fernandes da Cunha. A solenidade de entrega do prêmio ocorreu em São Paulo, no dia 30 de novembro, e Jacilene recebeu seu certificado das mãos do secretário estadual de Educação da Bahia, Adeum Sauer. A escola receberá ainda R$ 10.000,00. Como conseqüência da premiação, Jacilene foi conhecer, a convite da Embaixada dos Estados Unidos, diversas experiências educacionais em três cidades americanas. Ela retornou dos EUA no dia 16 de dezembro.

“Dentre os dias 1º e 16 de dezembro, visitamos escolas e universidades em Washington, além da Associação Internacional de Diretores de Escolas. Em Cincinatti, visitamos escolas freqüentadas por crianças super-dotadas, com habilidades múltiplas. Uma das passagens mais gratificantes foi em Miami, quando verificamos que no curso de formação de gestores a obra referencial do primeiro ano da formação é o livro Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire”, comentou.

De acordo com a diretora, nos EUA as melhores instituições de ensino são públicas. “Eles investem muito em educação. E as aulas são informatizadas. Mas também verifiquei que a rede municipal de ensino de Salvador tem alguns avanços em relação à realidade da educação pública americana. Como, por exemplo, os nossos sistemas on line de fluxo de merenda escolar e matrícula informatizada”, atestou.

Jacilene também recebeu da Embaixada dos Estados Unidos um certificado de liderança em gestão escolar.

Referência em educação pública

A Escola Municipal do Parque São Cristóvão desenvolve políticas voltadas para a integração com a comunidade. Além do quadro de funcionários, ela recebe o apoio de pais de alunos. Eles atuam desde o planejamento educacional até nas tarefas operacionais, demonstrando a preocupação em disponibilizar a seus filhos uma escola de qualidade.

Dentre os projetos desenvolvidos pela escola está a inserção de alunos com deficiência auditiva, promovendo cursos de informática, educação artística e teatro com metodologias específicas. As mães freqüentam curso de libras ministrados por uma mãe que já passou pelo treinamento e os funcionários também são capacitados na linguagem de sinais. Uma parceria com o SESI ajuda a inserir as mães no mercado de trabalho, através da promoção de cursos profissionalizantes de pintura em tecido, tranças e penteados afros e tapeçaria.

A gestão escolar promove palestras com o Ministério Público para conscientizar os pais do papel social deles enquanto cidadãos e sua importância para a formação educacional dos filhos. Jacilene Silva afirma que “a indicação é fruto de trabalho diário, onde eu caminho pela comunidade, pois sou moradora do bairro, e quero sair de minha casa e olhar as pessoas de frente, não quero que eles digam que sou relapsa, que a escola não funciona. Isso é o resultado de um trabalho que aos poucos está sendo consolidado, ainda há muito a se caminhar”, comemorou.