E.M. Professor Carlos Formigli realiza XI Mostra de Saúde: Em busca do tesouro da saúde

06 de nov de 2019 - Publicidade

Teve início na última segunda-feira (04), a XI Mostra de Saúde: Em busca do tesouro da saúde da E.M. Professor Carlos Formigli, no bairro de Tancredo Neves. A ação é voltada à socialização de conhecimentos e saberes construídos por professores e adolescentes da unidade de ensino durante o processo educativo que antecedeu a mostra, com toda a Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) Salvador, onde a escola se localiza.

A mostra acontece até o dia 8 de novembro e este ano teve como principal objetivo dialogar e refletir sobre os aspectos inerentes à saúde do jovem e do adolescente através de um “game” – Em busca do tesouro da saúde. Sem recursos tecnológicos, as fases do jogo foram compostas nas salas de aula e o percurso dos adolescentes e jovens envolveu desafios, explorando subtemas como doenças virais e vacinas, saúde mental, saúde sexual, as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) e suas prevenções, além da relação homem – ambiente – lixo, bem como higiene pessoal, piercing e tatuagem.

Para as rodas de conversa estão previstos temas como tabagismo, alcoolismo, legalização do uso das drogas para recreação, primeiros socorros, legalização do aborto e as IST’s com seus métodos de prevenção. O professor João Copque Junior, que conduz a mostra pelo quinto ano consecutivo, enfatiza a importância do envolvimento de toda a equipe para a realização do evento. “Desde que cheguei aqui ampliei a mostra e o que antes era feito apenas em sala de aula, passou a ser feito de forma que os internos possam ter acesso ao que estava acontecendo na nossa escola municipal. Este ano, a equipe gestora da escola pensou em fazer algo de maior amplitude, já que existia a mostra pedagógica da Carlos Formigli, do Colégio Estadual Roberto santos e da Case Salvador. Com isso, resolvemos fazer esse trabalho mais abrangente, garantindo um trabalho de maior eficácia e que não só ficasse com os nossos alunos, mas que também servisse como orientação a todos, das três unidades”, explica.

O formato de game foi pensado pelos próprios professores da unidade de ensino em parceria com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Ao final das provas desenvolvidas pelos estudantes, aquela equipe que encontrar o tesouro da saúde irá receber produtos de higiene e limpeza (doados pela comunidade escolar), o que segundo o diretor, é uma demonstração do engajamento e envolvimento de todos. “É importante que a gente entenda que não temos como fazer nada sozinhos. Por isso, incentivo e reconheço o empenho de todos na escola, bem como a dedicação das professoras e funcionários para conseguirmos realizar um evento melhor a cada ano, propiciando a socialização dos saberes e conhecimentos com a totalidade de adolescentes da Case Salvador”.