pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Educação Municipal adere à campanha Outubro Rosa

02 de out de 2015 - Jornalismo

Com o objetivo de alertar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do Câncer de Mama, a Secretaria Municipal da Educação (Smed) aderiu, mais uma vez, à campanha Outubro Rosa. Com quadro de servidores composto majoritariamente (87%) por mulheres, a Smed adere à campanha desde 2013. Para este ano, a estratégia foi a de chamar atenção para a doença através do site do órgão (www.educacao.salvador.ba.gov.br) que, de hoje (1º de outubro) até o último dia deste mês, além da página inicial toda em rosa, estampará o convite: “Juntos na prevenção contra o câncer de mama. Você já fez o autoexame?”.

O movimento conhecido como “Outubro Rosa” teve início nos Estados Unidos por volta de 1990. O objetivo foi estimular a participação popular nas ações de controle do câncer de mama. A campanha se espalhou pelo mundo e, anualmente, diversas ações de conscientização e prevenção da doença são intensificadas durante o mês de outubro.

Sobre o câncer de mama – A neoplasia maligna da mama ou câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo. Na Bahia, 540 mulheres já morreram em decorrência da doença e, conforme estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), mais de 57 mil novos casos deverão ser diagnosticados no Brasil em 2015. Desses, 10,5 mil no Nordeste e 2.560 na Bahia. Apesar de também atingir os homens, a doença é mais comum em mulheres, acima de 35 anos.

O diagnóstico precoce da doença é fundamental para diminuir as chances de óbito do paciente. Por isso mesmo, toda mulher deve, sempre que possível, realizar o autoexame das mamas. De acordo com o Inca, não há técnica específica para a autopalpação, mas – em geral – a mulher deve realizar movimentos circulares em volta da mama com os braços suspensos. O instituto alerta ainda que a ocorrência de qualquer alteração na mama, tanto no aspecto visual da pele quanto na identificação de “caroço”, não deve ser ignorada. Em ambos os casos, a mulher deve imediatamente procurar por uma avaliação médica.