pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Encontro discute a “Arte de incluir”

26 de Maio de 2009 - dev

A Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico (CENAP) da Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC) realiza hoje (26 de maio) o encontro A Arte de Incluir, voltado para os professores de arte da Rede Municipal de Ensino. O evento acontece na Faculdade Visconde de Cairú e tem como objetivo promover reflexões sobre a inclusão educacional e social dos alunos com necessidades especiais.

A palestra de abertura teve como tema Inclusão, Concepção Filosófica e Marco Legal, ministrada pela coordenadora de educação inclusiva da SMEC, Tereza Cristina Sousa. Para ela, a arte é algo mais atrativo para os alunos e é uma disciplina importante para o desenvolvimento de habilidades das crianças.

Segundo Sousa, a rede já é inclusiva e atua em consonância com o MEC. “Os gestores já têm conhecimento desse direito, mas ainda precisa melhorar na busca pela permanência das crianças especiais nas salas de aulas, bem como aprimorar as atividades para que elas aprendam a ter autonomia dentro e fora da escola. Por isso, a importância desse evento”, explica.

A SMEC tem 12 instituições especializadas em atender crianças com necessidades especiais, desde a creche ao ensino fundamental. O coordenador da CENAP, Manoel Calazans também participou do encontro e lembrou que é desafio da escola ensinar a sociedade e aos próprios alunos a lidar com as diferenças, além de proporcionar uma discussão sobre o assunto.

Uma vez por mês a CENAP organiza encontros como este com o intuito de trocar experiências e compartilhar dificuldades com os professores de arte. De acordo com a coordenadora de arte da CENAP, Cássia Cardoso, a escola precisa valorizar o trabalho lúdico por ser um instrumento importante não só para o desenvolvimento do aluno, mas também para a formação do ser humano. “Já está sendo planejado, para o próximo semestre, uma jornada de arte com palestrantes para finalizar os Marcos de Aprendizagem (embasamento dos conteúdos e objetivos das práticas pedagógicas) produzidos pelos professores”, adianta a coordenadora.

Os professores assistiram à palestra da assistente social, Lívia Mesquita, que falou sobre Família: Agente de inclusão. O debate propôs mostrar que a família e a sociedade devem estar unidas para incentivar a inclusão social. “A parceria da SMEC com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por exemplo, pode contribuir para o desenvolvimento rápido do potencial das crianças”, opina.