OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Escola Municipal Cajazeiras XI é inaugurada hoje

01 de jun de 2017 - Jornalismo

Depois de enfrentar a degradação do imóvel construído em pré-moldado, devido à ação do tempo e que causou inclusive a suspensão das atividades por um ano, a Escola Municipal de Cajazeiras XI foi entregue completamente reconstruída pela Prefeitura nesta quinta-feira (1º). A cerimônia contou com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice, Bruno Reis; da titular da Secretaria Municipal da Educação (Smed), Paloma Modesto; demais gestores e técnicos municipais e autoridades. Alunos, pais e professores também compareceram ao local e festejaram a iniciativa, há muito aguardada pela comunidade.

O prefeito salientou que, em 2013, a situação da estrutura física da rede municipal de ensino era precária e um dos compromissos foi a de reconstruir a Escola Municipal de Cajazeiras XI. “A escola estava caindo aos pedaços. Tivemos antes que interditar, por uma questão de segurança a alunos, professores e funcionários. Após a demolição, acontece essa entrega da unidade que oferece mais conforto a todos. Neste caso, sem colocar um centavo da Prefeitura, por meio de acordo com os shoppings por conta da cobrança do estacionamento”, completou.

A escola atende aos segmentos Fundamental I e Educação de Jovens e Adultos (EJA) e tem padrão de unidade particular de ensino, com capacidade para atender a 595 alunos. Com investimentos de R$ 2,5 milhões, essa foi uma das unidades contempladas pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em 2015 entre a Prefeitura e os shoppings de Salvador. A medida é uma contrapartida à autorização municipal que liberou a cobrança de estacionamento nos centros de compras da capital. O acordo prevê a construção de unidades de ensino até setembro de 2017.

Guerreira Zeferina – Antes da inauguração, o prefeito e a equipe de gestores visitaram as obras de requalificação urbana da comunidade Guerreira Zeferina, em Periperi, que receberá um conjunto habitacional para oferta de moradia digna. Estão concluídas 90% das fundações e 30% de alvenaria dos pavimentos. A creche e pré-escola Primeiro Passo (construída pelo TAC dos shoppings) já está com a obra civil pronta.

Na área de infraestrutura, as obras vão abranger uma área de mais de 20 mil m² e englobam implantação das redes de água, esgoto e drenagem pluvial, construção de 257 unidades habitacionais de dois e três quartos, alguns deles adaptados para idosos e pessoas com deficiência; implantação de áreas verdes e de dez quiosques comerciais, além de via de acesso a área com vagas de estacionamento.

A iniciativa também prevê a implantação do espaço comunitário Guerreira Zeferina com sala multiuso, pátio coberto e sanitários; implantação de espaços de lazer, parque infantil, prática esportiva e áreas verdes; espaço de apoio ao pescador e de acesso à praia. Serão realizados, ainda, recuperação da contenção e fechamento em tela do acesso à via férrea, dentre outras melhorias. A ação de urbanização é coordenada pela Casa Civil, com projeto elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) em conjunto com os moradores e obras sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra).

Alguns trabalhadores da obra são moradores, beneficiados pelos cursos profissionalizantes promovidos pelo projeto. Um deles é Reinaldo Silva, casado e pai de dois filhos, que vive na Comunidade Guerreira Zeferina há oito anos. Ele demonstrou satisfação por participar da transformação da localidade através de iniciativa da administração municipal. “Aqui era muita luta, muita dificuldade, uma área que não tinha saneamento básico, a gente se virava mesmo. Graças a Deus, tive essa oportunidade de trabalhar nessa obra e estou muito agradecido também por tomar o curso de armador. Estou pedindo a Deus para ter a oportunidade de crescer mais na profissão e muito alegre por ver essa transformação aqui no lugar onde moro”, afirmou.

O vizinho Ailton de Jesus, que mora com a esposa há dez anos na comunidade, também se mostrou agradecido pela oportunidade de trabalho como eletricista e pela urbanização do local. “Aqui era uma coisa feia, não tinha nada, só barraco montado no plástico. A Prefeitura viu a nossa pobreza e está cumprindo a promessa. A Suburbana vai ficar ainda mais linda com esses apartamentos, que vão atender às 247 famílias que viviam aqui. Quero ajudar bastante para sair ainda mais rápido a minha casa”, falou empolgado.