Escola Municipal Yves de Roussan celebra dez anos de socioeducação

09 de ago de 2019 - Jornalismo

Com foco na aprendizagem, construção de saberes e desenvolvimento de habilidades, a Escola Municipal Yves de Roussan comemora na quarta-feira (7) dez anos de atividade que completou dia 19 de junho. Localizada no Jardim Campo Verde- CIA Aeroporto (GRE Itapuã), a unidade, que atua com socioeducação, celebrou o aniversário em grande estilo com a presença dos seus educandos, cerca de 94 adolescentes de 15 a 21 anos matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Durante o evento, foram realizadas diversas atividades, como exibição de filmes e aulas temáticas. O ponto alto do evento foi uma mini palestra de um ex-aluno que contou a sua experiência e a importância dos ensinamentos recebidos na escola para o seu crescimento, social, cultural e profissional. Ele também pontuou a sua mudança de vida através da escolarização da unidade.

De acordo com a diretora Vanice Alves dos Santos, “essa celebração é uma conquista muito grande para o trabalho socioeducativo e para a Secretaria Municipal de Educação. Assim, garantimos não só a oportunidade, mas o direto de ter acesso à Educação dentro desta comunidade. Estamos muito felizes por cada ano que conseguimos vencer os muitos desafios” ressalta.

L.C.S, de 17 anos, falou de como a escola tem sido importante para mudar seu estilo de vida “Aqui eu estudo, aprendo, participo das Olímpiadas de Matemática e ainda faço cursos profissionalizantes, como serigrafia. Acredito que tudo isso irá me ajudar a me inserir no mercado de trabalho quando eu sair daqui” disse.

N.N.N, também de 17 anos, explicou a importância de participar da Batucase – a banda da unidade. “Quando eu sair daqui, quero dar continuidade aos estudos e ser músico. Além disso, aqui na escola aprendi muito sobre a matéria de matemática, que hoje sou craque e faço curso de logística e almoxarifado, realmente a escola tem me ajudado muito”, falou.

Dinoelio Borges Mota, coordenador de socioeducação, explicou que “durante 13 anos em que trabalho aqui na unidade, observei que muitos educandos tem o interesse em mudar de vida e a escola tem feito um papel fundamental na vida deles. Eu me sinto grato pelo trabalho que realizamos aqui”, disse emocionado.