OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Escolas combatem a evasão e recebem prêmio do MP

21 de out de 2013 - dev

Com propostas baseadas na inclusão da família, as escolas municipais Carlos Murion e Irmã Elisa estão conseguindo vencer o desafio da evasão de alunos e acabam de conquistar as primeiras colocações do I Prêmio Melhor Escola Pública do Ano, promovido pela Fundação Escola Superior do Ministério Público do Estado da Bahia (Fesmip/BA). A premiação será entregue no próximo dia 26, durante o I Congresso Integrador Nacional do Programa O MP e os Objetivos do Milênio, que será realizado na cidade de Ilhéus, no auditório do Centro de Arte e Cultura Governador Paulo Souto, na UESC.

Localizada em Pituaçu, na área do complexo social Cidade da Luz, a Escola Municipal Carlos Murion ficou com o primeiro lugar do concurso. A unidade de ensino, que oferece turmas do grupo 2 até o 5º ano, tem 357 alunos. Deste total, cerca de 150 do 3º ao 5º ano estudam em turno integral. Já o colégio Irmã Elisa, de Nova Brasília, que se destacou na segunda colocação, possui 324 estudantes, distribuídos nos turnos matutino e vespertino e com turmas do grupo 5 ao 5º ano.

As duas foram as que melhor atenderam aos objetivos do prêmio, que é estimular o desenvolvimento da gestão democrática e eficaz na escola, tendo como foco o compromisso com o ensino, a aprendizagem e os resultados das avaliações externas. E ainda incentivar o processo de melhoria contínua na escola pela elaboração de planos de ação, baseado na sua autoavaliação, conciliando melhorias estruturais, pedagógicas, financeiras e sociais no ambiente escolar.

Para a diretora da Carlos Murion, Maria Luíza Ferreira, o resultado da premiação reflete tanto a proposta pedagógica como os projetos que apoiam o funcionamento da escola. “Na nossa proposta de ensino, as atividades são focadas no contexto do aluno. Ele aprende experimentando conhecimento”, explica. Por exemplo, nas atividades de estímulo a leitura, o estudante não somente ouve o professor ler. Ele também participa dessa leitura de forma que compreenda as palavras e seu contexto.

COMBATE A EVASÃO – O que une o projeto das duas escolas premiadas é o esforço para driblar a evasão escolar. Na Carlos Murion, os profissionais de ensino contam com apoio trabalho social realizado pela Cidade da Luz. Grande parte dos projetos está focada na atração da família para que ela participe do ambiente escolar e da vida do aluno.

“Nosso maior desafio é conscientizar a família para que ela participe da vida do aluno na escola. É a melhor forma de mantê-lo na escola, evitando a evasão”, conta Maria Luíza. No caso da escola Irmã Elisa, a estratégia é manter o contato constante com os pais, utilizando, inclusive, a comunicação via Correio.

De acordo com a diretora Amanda Fernandes, o dia a dia dos alunos é registrado em cadernos de anotações pelos professores. Caso ocorra um aumento no número de faltas ou seja observado um comportamento incomum, a escola entre em contato por telefone com os pais ou responsável. Para tornar a comunicação mais eficaz, a escola fez um cadastro de endereço dos estudantes e uma carta simples é enviada sempre que haja necessidade de contato com a família. “Sabemos que este esforço é importante, pois essa aproximação com a família é determinante para evitar a evasão escolar”, conta Amanda.

Segundo ela, o Programa Escola Aberta tem sido outra estratégia eficaz no estreitamento de relações com seu público. Através do projeto, a escola oferece à comunidade uma série de atividades aos sábados, como aulas de informática e dança. “Ficamos felizes de ver que os nossos alunos é quem no visita neste dia. Quer dizer, além de passar a semana na escola, eles e suas famílias ainda passam os sábados aqui”, comenta a diretora.