pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Estudante da rede municipal recebe prêmio do Ministério Público do Trabalho

21 de jul de 2005 - dev

Depois de vencer um concurso, realizado através de parceria entre a Secretaria Municipal da Educação e Cultura e o Ministério Público do Trabalho, sobre o “Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil”, a estudante Maína Araújo Tavares recebeu, no último dia 20, da secretária Maria Olívia Santana, o prêmio (uma bicicleta e a publicação da sua redação no jornal A Tarde) por ter escrito a melhor redação sobre este tema. O evento foi realizado na Procuradoria Regional da República, no Corredor da Vitória.

Aluna da Escola Municipal Professora Anfrísia Santiago, Maína Araújo escreveu sobre a situação das crianças brasileiras e as condições de trabalho a que são submetidas por falta de opções. A estudante concorreu com cerca de 170 crianças da rede municipal.

Os alunos que não ganharam o prêmio terão os seus desenhos e redações expostas no Shopping Iguatemi, na Semana da Criança, em outubro. As crianças serão as próprias expositoras de seus trabalhos e estarão devidamente uniformizados para reforçar a identidade de cada unidade escolar. Essa ação visa reforçar, ainda mais, a participação da escola como instrumento de promoção do desenvolvimento destas crianças, aumentando a auto-estima de cada uma delas.

* Leia abaixo, na íntegra, a redação vencedora:

“O dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil”

No Brasil há muitas crianças trabalhando em supermercados, oficinas e casas de família, sendo que elas precisam de alguém que cuide delas também. Muitas trabalham para ajudar seus pais porque precisam sobreviver, acham que, trabalhando, terão uma vida melhor, mas não é bem assim. Muitas vezes elas querem ir à escola e brincar, mas este desejo é interrompido por causa do trabalho obrigatório.
Muitas vezes os pais se enchem de filhos e não têm condições nenhuma de sustentá-los, tendo que colocá-los para trabalhar. Na minha opinião essa não é a solução. Primeiro os pais precisam procurar um meio de prevenção para que não tenham tantos filhos e para que estes não tenham o mesmo futuro que eles tiveram.
Toda criança tem direito de ir à escola, brincar, passear, de ser criança. Assim o futuro será mais feliz.

Maína Araújo Tavares