pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Estudante e professora da rede municipal vão para Itália

09 de jun de 2006 - dev

O estudante Alexandre Santos Moncorvo, 17 anos, que cursa a 8ª série do Ensino Fundamental, na Escola D. Arlete Magalhães, em Castelo Branco e a professora–orientadora, Enaide dos Santos Tavares, diretora da instituição, foram ganhadores do concurso de redação que teve como tema “Soluções para acabar com a fome infantil no mundo”, promovido pelo Programa Mundial de Alimentação das Nações Unidas, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC). Os dois foram premiados com uma viagem para a Itália com tudo pago pelo Programa Mundial de Alimentação das Nações Unidas.

Os dois embarcam nesta segunda-feira (12), às 18 horas, e ficarão seis dias no país europeu. “Estou muito emocionado. Tenho vontade de chorar, mas não consigo. Sinceramente, nunca imaginei vencer este concurso e assim visitar outro país. Busquei o meu objetivo, participando da seleção e agora estou aqui sem acreditar. Vou procurar aprender bastante nesta viagem e tirar muitas fotos, é claro (risos)”, afirma Alexandre.

O adolescente, morador de Castelo Branco, tem quatro irmãos e só teve oportunidade de sair de Salvador uma vez durante um retiro espiritual de uma igreja evangélica para o município de Madre de Deus. “Estou muito ansioso, nunca viajei de avião e nem fiquei tanto tempo longe da minha família. O bom é saber que meus irmãos, meus pais e colegas ficaram felizes por mim”. No roteiro da viagem estão agendadas visitas a embaixada brasileira, na Itália, e ao Vaticano.

A professora Enaide Tavares explica que a redação é uma prática constante na escola. Todos os alunos da D.Arlete Magalhães praticam a escrita e a leitura. “Estes dois elementos escrita e leitura] são essenciais para o desenvolvimento educacional de cada estudante, por isso estamos sempre incentivando a produção de redações sobre variados temas”. Para o texto de Alexandre, Enaide o orientou a pesquisar bastante sobre o tema para só depois escrever com segurança.

Esta não é a primeira vez que a professora Enaide e o seu aluno Alexandre são premiados. No ano passado, o adolescente ganhou o concurso de redação Zumbi dos Palmares, e teve o seu texto publicado no livro “Prêmio Zumbi dos Palmares”. Ele também venceu o Festival de Música do Meio Ambiente, também no ano passado. Já Enaide Tavares, venceu o concurso do Congresso de Gestão Participativa da Ufba, em 1998. Há quatro anos, foi considerada a melhor professora do Estado da Bahia.

De acordo com coordenadora de Ações Socioeducativas da SMEC, Juçara Rosa, cerca de 20 estudantes da 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental participaram da seleção.Segundo ela, os concursos e premiações são maneiras de incentivo a leitura e a escrita. Além disso, os alunos se sentem capazes e com a auto-estima renovada. “É um reconhecimento ao trabalho do professor e ao esforço do aluno”, ressalta.

Já o secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello, que entregou os prêmios aos dois vencedores na tarde de ontem (08), afirmou que todos os professores devem incentivar seus alunos a praticarem a escrita e a leitura, porque é através destes hábitos que eles adquirem conhecimento. O secretário acredita que a escola é o primeiro espaço para o estudante mostrar o seu potencial e o educador é seu grande motivador.

Marcha contra a Fome

A caminhada foi realizada no dia 21 de maio em mais de 100 paises. No Brasil, a marcha ocorreu em Salvador e Guarulhos, sendo que na cidade baiana mais de cinco mil pessoas disseram não a fome.

Participaram do evento, estudantes, professores, integrantes de ONG´s, entidades religiosas, integrantes do Circo Picolino, ciclistas e políticos. Eles seguiram da Praça da Piedade até o Largo do Pelourinho ao som de seis bandas de percussão mirim. O percurso durou mais de uma hora.