pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Estudantes reforçam equipes de combate a dengue

25 de mar de 2009 - dev

Faxinaços, musicais, caminhadas, palestras, apresentações teatrais e jograis são algumas das ações promovidas pelas escolas municipais engajadas na campanha contra a dengue. “Escola Livre do Mosquito” é o tema escolhido pela Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC), envolvendo as 411 unidades da rede a partir de hoje (dia 25).

A campanha que teve início no ano passado (2008), quando 118 escolas receberam o selo “Escola Livre do Mosquito”, continua este ano informando a comunidade escolar sobre as causas, conseqüências e formas de evitar a proliferação do Aedes Aegypti e será ampliada com algumas novidades.

Este ano a luta contra a dengue vai ganhar um reforço com a formação dos Agentes Mirins de Saúde. São estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, que vão fortalecer a campanha e contribuir para a orientação da comunidade do seu bairro. Eles serão orientadores e multiplicadores de informações sobre os cuidados necessários com o armazenamento de água e retirada dos materiais inservíveis acumulados nas residências.

Cada unidade escolar disponibilizará 30 alunos que serão capacitados por profissionais da Secretária de Saúde, diretores e coordenadores pedagógicos. A expectativa é de que 210 mil famílias sejam beneficiadas e recebam o selo da campanha e possam fazer parte dos relatórios preenchidos pelos estudantes para as providências cabíveis e eliminação dos possíveis focos.

Conscientização

Algumas escolas deram início à campanha já nos primeiro dias do ano letivo que falam sobre a conscientização que cada um deve ter para o combate a dengue e as formas de contágio da doença.

As escolas São Miguel e Teodoro Sampaio estão promovendo distribuição de panfletos e repelentes, caminhadas e apresentações de teatro e dança abordando a prevenção e o combate ao mosquito.

Já o Instituto Municipal de Educação Professor José Arapiraca (IMEJA) está fazendo a divulgação da campanha através de carro de som, entrega de informativos, realização de palestras para estudantes e funcionários da escola e comunidade local.

“Como todos nós sabemos, combater este mosquito é um dever meu, seu e de todos. Já percebo que nossos esforços estão valendo a pena e vamos continuar nessa luta”, declara a professora do IMEJA, Marinalva Gonzaga.