pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Exposição reúne obras de 300 alunos do Imeja

20 de ago de 2018 - Jornalismo

O Instituto Municipal de Educação Professor José Arapiraca (Imeja) expôs obras de arte produzidas por alunos com idade entre 12 e 14 anos, baseadas no trabalho do nordestino Romero Britto. A elaboração do trabalho foi feita com dez turmas, o que resulta em cerca de 300 alunos. A exposição leva o nome de “Romero Britto – Uma Versão” e despertou o interesse na aluna do oitavo ano, Ludmila Santos, pela obra do artista plástico.

De acordo com a professora responsável pelo evento, Jurema de Jequiriçá, o trabalho foi feito desde o primeiro semestre de 2018, em etapas: primeiro, a pesquisa biográfica do artista e o world art – que foi quando os alunos tiveram contato com letras estampadas. Depois, veio a confecção dos quadros com emborrachados coloridos colados em telas, formando releituras de famosas obras de Britto, todas escolhidas pelos alunos. A terceira e última etapa foi feita com fotocópias da arte de Romero Britto, pintadas com lápis de cor e lantejoulas coladas. “Essa é a etapa que, particularmente, mais gosto na exposição, pois eu fiz uma instalação no teto com as fotocópias e os alunos podem se deitar no chão para admirá-las”, confessa a professora.

Na atual desvalorização da arte e de como ela pode ser apresentada à sociedade, motivar a pesquisa da história e trabalho de um artista brasileiro é uma atitude ousada. “Ver minha pintura aqui é bem legal, é interessante saber que tem uma exposição de arte em um colégio público”, afirma empolgado Levi de Carvalho, aluno do oitavo ano. “Nós acreditamos que é muito importante, não só trazer as cores de Romero Britto para as paredes da escola, mas para o aluno ver o material feito por ele exposto e valorizado”, acrescenta a diretora da escola, Bruna Braga.

Biografia – Romero Britto, artista plástico, nascido em 6 de outubro de 1963 em Recife (PE), é filho de uma família do interior. À princípio, os pais não tinham condições de investir no aperfeiçoamento das habilidades do artista, mas compravam livros para ele desenhar. Aos 14 anos, passou a fazer trabalhos artísticos rentáveis. Ingressou na Universidade Católica de Pernambuco, na escola de Direito, mas não concluiu. Atualmente reside em Miami, com sua esposa e seu filho, e de lá produz suas obras de arte, mantendo ainda uma galeria em São Paulo.