pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Festa da formatura do Salvador Cidade das Letras emociona alunos e autoridades

11 de set de 2007 - dev

Jeferson Ribeiro

Na noite do dia 10 de setembro, a Concha Acústica do Teatro Castro Alves foi o palco de uma grande comemoração: a solenidade de formatura da etapa 2006/2007 do Programa Salvador Cidade das Letras/Brasil Alfabetizado, que contemplou cerca de 14.000 alunos, sendo uma parceria da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e MEC. Estiveram presentes cerca de 5.000 concluintes, que demonstravam a satisfação de participar de um projeto que lhes deu a oportunidade de inserção no mundo do saber.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, que no mesmo dia recebeu o título de “Cidadão da Cidade do Salvador” na Câmara Municipal, se mostrou muito satisfeito em participar da cerimônia e afirmou que “toda formatura de alfabetização de adultos significa um resgate de uma dívida que a sociedade quita com aqueles que não tiveram na infância a oportunidade da instrução. É muito difícil exercer a cidadania plena sem dominar o mundo da escrita”.

Salvador tem cerca de 113.500 analfabetos, representando 6,2% do total de habitantes. O programa é uma iniciativa de reversão de um fracasso histórico na capital baiana na alfabetização de jovens e adultos. A SMEC lançou, recentemente, a campanha Salvador Rumo ao selo de Município Livre do Analfabetismo, para que esse índice seja reduzido a 4%, e a cidade consiga o Selo de Município Livre do Analfabetismo. Somente 16 municípios brasileiros obtiveram esta distinção. Dentre as capitais, apenas Curitiba detém o selo concedido pelo MEC.

O secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello, demonstrou seu contentamento ao clamar que os concluintes dêem procedimento a esse novo caminho, que não parem de estudar e que identifiquem em suas comunidades pessoas, que assim como eles, precisem de ajuda para o acesso ao mundo das letras. “Hoje estamos comemorando a entrada definitiva dessas pessoas para o mundo do conhecimento. O saber é um direito de cada cidadão e o conhecimento é a porta aberta para uma nova perspectiva”, frisou.

Com a final da etapa 2006/2007, o programa tem uma nova meta para a etapa 2007/2008 matricular 56.000 alunos para que eles possam ser alfabetizados, e também, se profissionalizar através de cursos de Artesanato, Alimentação Alternativa, Atendimento ao Público, Eletricista, Empreendedorismo, Trabalho Doméstico, Informática e Jardinagem. As aulas têm início no dia 1º de outubro.

Dentre os alunos presentes, Maria de Lourdes Santos Vitório, de 77 anos, simbolizou os concluintes ao falar de sua alegria em participar do programa e do ato solene. “Antes eu não me sentia bem, não sabia escrever meu nome, dependia de outras pessoas. Hoje eu já sei escrever e estou dando um passo para aprender mais. Estou muito feliz e queria agradecer ao secretário e pedir que continue nos ajudando, pois precisamos muito”.

Presente na comemoração, o deputado estadual Javier Alfaya (PCdoB-Ba) referiu-se ao programa como uma vitória da administração municipal. “Em 18 anos como político de oposição, nunca vivenciei ou soube de nenhuma vitória contra o analfabetismo tão expressiva como essa. Isso nos mostra a arrancada de desenvolvimento que Salvador começa”, frisou.

Já o deputado federal Sergio Barradas Carneiro (PT-Ba) afirmou que estava emocionado por estar presente em um ato cívico em comemoração a educação. “Estou feliz por vários motivos, por ser professor, filho de educadora, estar participando da vida dessas pessoas nesse momento tão especial e poder falar a eles que a educação não limita, mas encaminha, guia ao futuro”.

Durante o evento, foi exibido um vídeo institucional sobre o programa Salvador Cidade das Letras e seu suporte televisivo, o programa de TV Cidade das Letras, que será veiculado a partir do dia 1º de outubro, às 09h00, na Band, e terá quadros com foco no alfabetizando e no alfabetizador.

A comemoração foi embala ao som do samba de roda de Mariene de Castro e da guitarra baiana de Armandinho, que agitaram os presentes. Estiveram no evento secretários municipais e vereadores; a secretária de Educação Básica do MEC, Maria do Pilar Lacerda; o secretário estadual de Educação, Adeum Sauer, dentre outros.