pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Festa da leitura na Praça Municipal e Centro Histórico

02 de ago de 2007 - dev

Hoje (02), a Praça Municipal e o Centro Histórico de Salvador se transformaram numa gigantesca sala de aula a céu aberto para cerca de 800 alunos da rede municipal de ensino de Salvador. Além de visitarem sítios do Centro Histórico da cidade acompanhados de guias e assistirem uma vasta programação cultural, os alunos também foram protagonistas em diversas apresentações que marcaram o “show lítero-musical” realizado à tarde pela Secretaria Municipal da Educação e Cultura, Fundação Gregório de Mattos e Comitê Gestor do Ano Municipal da Leitura, formado por diversos setores da sociedade civil organizada.

O Ano Municipal da Leitura foi instituído através da Lei 7.097/2006, de autoria da vereadora Olívia Santana e sancionada pelo prefeito João Henrique. “A implantação do Ano Municipal da Leitura é uma iniciativa pública e da sociedade que decidiram juntos desenvolver uma série de ações visando conscientizar os nossos alunos e a população de Salvador para a importância da leitura como ato de libertação do ser humano”, avaliou o prefeito.

De acordo com o secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello, “hoje a leitura ocupou a praça. E estão previstas ainda no calendário oficial da programação do Ano Municipal da Leitura atividades para os professores da rede municipal de ensino, como a “Oficina Nova Escola, Novos Saberes”. E outras inúmeras ações atingirão os alunos da rede e a cidade antes do final do ano, como uma programação especial de apresentações para as crianças e jovens e a Feira do Livro e da leitura, a ser realizada entre outubro e novembro”.

O presidente da Fundação Gregório de Mattos, Paulo Lima, enfatizou “que o hábito da leitura modifica a relação do cidadão não somente com o texto, mas também é fundamental para a formação da sua consciência crítica e seu relacionamento com o mundo”.

Programação

Uma das atividades realizadas pelos alunos na Praça Municipal foi a apresentação do Projeto Contadores de Histórias, desenvolvido pela Coordenação Regional de Educação (CRE) Liberdade. “Através desta ação, realizamos um intercâmbio onde alunos se apresentam em locais públicos”, afirmou a coordenadora da CRE, Joselani Bahia. Hoje, estudantes das escolas municipais Pero Vaz Velho e Barão do Rio Branco, ambas localizadas em Pero Vaz, contaram histórias para os transeuntes da praça, tais como o texto “Pássaro Sem Cor”, de autoria de Luís Norberto Pascoal. Fabrício da Paz Silva, aluno da 3ª série, comentou que a atividade de interpretar histórias junto com os seus colegas “me deixa alegre. Gosto de ler e contar histórias na sala de aula torna a escola um lugar melhor”.

Durante o evento, a Fundação Pedro Calmon esteve presente com a Biblioteca itinerante, onde a população realizou pesquisas e também teve à disposição obras literárias para empréstimo. Outra atividade relevante foi a distribuição de 3.000 livros realizada pelo ONG Ler na Praça, coordenada por Lázaro César. Há oito anos ele percorre diversos bairros de Salvador ofertando gratuitamente livros para a população.

Diversas manifestações culturais de Salvador também se engajaram na festa de celebração do Ano Municipal da Leitura. Poetas, cordelistas e outros artistas se apresentaram no palco montado em frente ao Palácio Thomé de Souza. O ato foi encerrado às 18h00 com um show de Gerônimo.