OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Festa Literária movimenta Escola Municipal Dona Arlete Magalhães

24 de Maio de 2018 - Jornalismo

Com o tema “Nordeste em Foco: Nossa Peróla Nordestina” começou, na manhã desta quinta-feira (24), a 1ª Festa Literária da Escola Municipal Dona Arlete Magalhães, a 1ª Fliedam – evento de arte, cultura, música e muita integração da comunidade escolar e que prosseguirá até sábado (26). A abertura contou com as presenças da subsecretária Municipal de Educação, Rafaella Pondé, do gerente regional Fábio da Mata, da diretora pedagógica da Smed, Joelice Braga, colaboradores da educação e do professor Raimundo Moreira Filho, conhecido por “Jaboti”, homenageado do evento.

Com extensa programação, que se inicia diariamente às 7h30 e termina às 22h, a Fliedam reúne estudantes, professores, escritores, poetas e grupos artísticos da Comunidade. A expectativa é que os três dias de evento somem cerca de 5 mil participantes. Além de exposições, stands de livros e serviços de estética e saúde , estão ocorrendo, ainda, mesas temáticas e várias atividades culturais.

Durante a solenidade de abertura, Rafaella Pondé, subsecretária da Smed, destacou a importância da iniciativa. ”Só tenho a agradecer a oportunidade de estar aqui nesse dia. Um momento de trabalhar diversos temas, valorizando a literatura, que é importantíssima para o enriquecimento cultural dos jovens e das crianças. É muito bacana ver os alunos não só participando, mas trabalhando junto, em equipe, para que o evento aconteça. Esse evento é um exemplo a ser seguido”, disse.

O professor Raimundo Moreira falou sobre a homenagem recebida. “Essa deferência é, na realidade, para todos aqueles professores que lutam por um ensino de qualidade, que brigam para lecionar em condições favoráveis para os estudantes. Estou com 67 anos e levo a literatura como arma para meu ensinamento. Não me canso de dizer aos meus alunos que eu não sou professor, eu estudei e me formei professor, mas cada vez que eu entro em sala de aula só tenho a aprender com eles”, disse, emocionado.

A 1ª Fliedam foi uma iniciativa do grêmio estudantil da escola. A ideia inicial veio do aluno Ian Cerqueira, presidente do Núcleo da Juventude, que ao participar da Flica – Festa Literária Internacional de Cachoeira em 2017, com outros estudantes, resolveu se inspirar no mesmo modelo e realizar o evento na escola. “Eu estive na Flica ano passado e me encantei com tudo que vi e então me perguntei porque não fazer isso também em minha escola. Graças ao apoio da nossa diretora Cristina, do gerente regional Fábio da Mata e da Secretaria Municipal de Educação e junto com todos da escola, conseguimos realizar esse evento – o primeiro de muitos que virão por aí”, garantiu.

“Esse é um momento de realização de um desejo que veio do pedido de estudantes que estiveram na Flica. Essa Feira Literária foi sendo desejada e planejada desde novembro do ano passado. Hoje nós estamos aqui concretizando esse desejo junto com o apoio de todos e principalmente da Smed que está sempre junto com a gente”, salientou Cristina.

Durante a abertura da 1ª Fliedam, foi realizada pintura de grafite com Éder Muniz (o Kalango) e com o professor Vinícius Cunha, que escolheram uma parede da escola para desenvolver o trabalho. Também houve apresentação da repentista Márcia Assad, professora da escola, dos grupos de dança Sintonia do Amor (valsa) e Flash Mob (axé), compostos por alunos da escola, entre outros espetáculos.