pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Festival de capoeira no Parque da Cidade

28 de ago de 2007 - dev

Antonio Luiz Diniz

Remetendo-nos à História do Brasil, a capoeira se faz presente em todos os períodos e na Bahia, primeira capital brasileira, ela nasceu e ganhou o mundo. Uma prova disso foi o festival de capoeira encerrado domingo passado em Salvador, com a presença de representantes de mais de 20 países.

A capoeira, que surgiu nas senzalas e passou a ser praticada nas praças, ruas e corredores, é uma atividade tão normal na Bahia que muitas vezes disputa a preferência com o futebol e hoje também é praticada nas escolas públicas baianas. Amanhã acontece, no Parque da Cidade, no Itaigara, o II Festival de Capoeira da Rede Municipal de Ensino. O evento promovido pela Coordenação de Educação Esportiva da Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC) vai envolver alunos de mais de 23 escolas, reunindo um total de 350 praticantes.

O secretário Ney Campello, um dos grandes incentivadores do evento, disse que “a beleza do jogo da capoeira se encontra na perícia do manejo do corpo e a sua prática termina ajudando a criança a desenvolver uma série de habilidades importantes na vida de qualquer ser humano”.

O Festival aconteceu pela primeira vez no ano passado, na Escola Cid Passos, em Coutos. Inicialmente envolveu apenas 12 escolas, mas, devido ao grande sucesso, este ano, bateu todos os recordes de inscrições. A professora Ivone Portela, coordenadora de Esportes da SMEC, disse que o evento procura incentivar e ordenar a prática da capoeira, que hoje acontece em várias comunidades atendidas pela rede e manter viva essa cultura que os negros trouxeram para o Brasil, particularmente para a Bahia.

Grandes mestres baianos vão prestigiar o festival promovido pela SMEC. ”É a maneira que temos de homenagear essas pessoas que sempre lutaram para manter viva a capoeira na Bahia”, disse o professor Acúrsio Esteves, que trabalha na Coordenação de Educação Esportiva da SMEC. Acúrsio lembrou que entre os negros a capoeira tinha como funções principais o fortalecimento da cultura, o alívio do estresse do trabalho e a manutenção da saúde física e até hoje é muito importante no desenvolvimento da criança.