pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Funcionários da Desal são alfabetizados

12 de abr de 2006 - dev

“Quero aprender a ler e a escrever para ter um futuro melhor”, afirma meio tímido Moises Soares da Paz, 27 anos, durante a aula inaugural dos funcionários da empresa Desal. Há 10 anos Soares deixou de estudar para se dedicar ao trabalho, porém com mais 20 colegas, a maioria do setor de Produção, tem a oportunidade de retornar a sala de aula.

O funcionário Estevão do Espírito Santo, 60 anos, afirma que sempre quando pode estuda, mas na maioria das vezes teve que abandonar a escola porque saia da fábrica em Pirajá direto para o colégio no bairro da Liberdade, o que se tornava cansativo. “Além de ficar longe, a turma só queria brincadeira, não levava a aula a sério. Por estes motivos fiquei desanimado e parei de freqüentar a escola. Mas agora é diferente, as aulas serão aqui no local de trabalho e o pessoal vai estudar de verdade”.

O curso de Alfabetização dos Funcionários da Desal é uma iniciativa do presidente da fábrica, Euvaldo Jorge Miranda de Oliveira, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC). Para o conforto dos estudantes, a Secretaria doou carteiras, materiais didáticos (caderno, lápis e borracha), quadro negro e disponibilizou uma professora da rede municipal de ensino. Segundo a professora Anderija Oliveira Almeida alguns alunos desta primeira turma sabem formar frases e lêem um pouco, porém outros começam a conhecer o alfabeto. Ela explica que por ter uma turma tão diversificada irá aplicar uma metodologia de ensino mais criativa para que todos consigam acompanhar as aulas.

O secretário municipal da Educação e Cultura, Ney Campello, esteve presente à aula inaugural e incentivou os funcionários a se dedicarem aos estudos. Ele lembrou que o Brasil é um País onde se lê pouco, apenas dois livros por ano, enquanto em países desenvolvidos este número é bem superior, podendo chegar a dez livros. Já o presidente da Desal, Euvaldo Jorge Miranda de Oliveira, destacou o empenho do governo municipal em qualificar o funcionalismo. “Sem estudos não há crescimento pessoal e profissional, por isso a Prefeitura se preocupa em proporcionar uma oportunidade como essa para os trabalhadores municipais”. Esta é a segunda vez que a Desal alfabetiza os seus funcionários. A primeira ação deste tipo ocorreu em 1993.