pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Gestores da rede municipal participam de oficinas sobre educação inclusiva

19 de jul de 2008 - dev

A Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC), em parceria com a Associação Baiana de Síndrome de Down (SER DOWN), realizou na sexta-feira (18), no Centro de Aperfeiçoamento Pedagógico da SMEC (CAPS) a oficina “Aprender na diversidade – Ensinar com qualidade”, que dá continuidade à palestra realizada no dia 11 de julho sobre “Inclusão Escolar e Direitos da Pessoa com Deficiência”.

O objetivo das oficinas é promover, para todos os gestores das escolas municipais e coordenadores das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), trocas e discussões acerca das necessidades de adequação curricular como também de um atendimento especializado e redes de apoio para a consolidação da Educação Inclusiva. “Não existe nenhum conteúdo de ensino ou cuidado que ocorra em uma escola especial que não possa ser implementada em uma unidade escolar. Estamos apenas no começo do avanço das práticas pedagógicas”, afirma a consultora da UNESCO, que também é uma das ministrantes das oficinas, Denise Oliveira.

Segundo a chefe do Setor de Educação Especial da SMEC, Teresa Cristina, cinco turmas participam das oficinas que estão sendo realizadas desde o dia 14 de julho e serão encerradas no dia 25. “A inclusão modifica a escola para poder estar apta a receber as pessoas com deficiência. O objetivo não é só que se construam rampas e sim que também adaptem o currículo e a metodologia de ensino”, diz Cristina.

O vice-diretor da Escola Municipal Nova do Bairro da Paz, Dorival Lopes, parabeniza a SMEC pela iniciativa, pois acredita que nenhuma criança deva ser desvalorizada, excluída ou discriminada por ter algum tipo de deficiência. “Esta ação é importante na medida em que esclarece quais as possibilidades que nós educadores temos para trabalhar com a educação inclusiva”, declara Lopes.

A segunda etapa do projeto será voltada para os coordenadores pedagógicos de cada unidade e terá como tema “Alfabetização e inclusão”.
“Nossa principal idéia é que cada um exerça seu papel buscando novas formas pedagógicas de ensino. A diversidade constrói a riqueza humana”, esclarece a diretora da SER DOWN, Lívia Borges.

A SMEC oferece, desde 2004, através do projeto Super(ação), oficinas pedagógicas de alfabetização, produção de textos e jogos para a educação infantil e séries iniciais, para mais de 1,3 mil alunos com necessidades educativas especiais, contemplando também o ensino fundamental, que estão matriculados na rede.

Segue o cronograma das oficinas realizadas no CAPS, das 8 horas às 12 horas e das 13horas às 17 horas.

•21/07: CRE Cidade Baixa + Subúrbio I (14 escolas)
•22/07: CRE Subúrbio II + Cidade Baixa (15 escolas)
•23/0: CRE São Caetano
•24/07: CRE Cabula
•25/07: CRE Cajazeiras