GRE Cajazeiras realiza seminário para comemorar os 50 anos da obra Pedagogia do Oprimido

23 de Maio de 2018 - Jornalismo

Na terça-feira (22), a Gerência Regional Cajazeiras iniciou o Seminário em Comemoração aos 50 anos da Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire – atividade proposta no Plano de Ação 2018. Organizado pelo grupo de coordenadores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) das Escolas Municipais da GRE Cajazeiras, o seminário foi dividido em quatro apresentações e será realizado por meio dos pólos que compõem grupos de unidades escolares.

O primeiro capítulo do livro, Justificativa da Pedagogia do Oprimido, foi apresentado e discutido na Escola Municipal São Francisco de Assis. O evento foi conduzido pelo pólo Valéria,  formado pelas coordenadoras Cristiane Bacelar Lima da Cunha, da Escola São Francisco de Assis, Lúcia Pena Almeida de Souza, da Escola Municipal da Palestina, Fernanda Santos de Melo, da Escola Municipal Afonso Temporal, e Fernanda Santana dos Santos, da Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida. Foi uma noite muito significativa e de importantes discussões. O evento contou , também, com a presença dos gestores das Unidades Escolares de Cajazeiras.

Os próximos capítulos da obra serão apresentados no próximo mês, de acordo com cronograma pré-estabelecido.

Pólo Águas Claras: Capítulo 2 – A concepção “bancária” da educação como instrumento da opressão. Seus pressupostos, sua crítica.

Pólo Cajazeiras: Capítulo 3 – A dialogicidade – essência da educação como prática da liberdade

Pólo Estrada Velha do Aeroporto: Capítulo 04: A teoria da ação antidialógica.