pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Ilha de Maré recebe vista da Secretária Municipal da Educação e Cultura

19 de jan de 2005 - dev

“Em 27 anos de trabalho como professora, na Ilha, é a primeira vez que vejo uma secretária de educação vir até aqui conhecer as nossas escolas”. Foram com essas palavras que a professora Regina Lopes saudou a Secretária Municipal de Educação e Cultura, Olívia Santana, que foi conhecer as condições das escolas municipais de Ilha de Maré.
Com um total de 6 escolas distribuídas em 4 vilarejos da Ilha (Bananeira, Botelho, Santana e Praia Grande) e cerca de 600 estudantes, a rede municipal de ensino se mostrou capaz de abrigar um número maior do que a procura.“Fizemos um trabalho de conscientização sobre a importância da educação aqui na comunidade, tanto que já temos duas turmas de telecurso, mas só veremos maiores resultados em médio prazo”, declara Marizélia Lopes, coordenadora da Associação de Pescadores de Bananeira.
A falta de transporte complica a situação, tanto para o deslocamento dos alunos que concluíram o ensino fundamental (1º á 4º série) e precisam ir para Salvador estudar, quanto para o material (didático e de construção) que necessita ser conduzido até as escolas. “Precisamos fazer alguns reparos na nossa estrutura, mas o material demora a chegar aqui. Em toda a Ilha só tem um depósito de material de construção e isso faz com que nossas obras demorem em serem finalizadas e até iniciadas” desabafa a professora Adriana Silva.
Para o ano letivo de 2005 a diretora das escolas de Botelho, Bananeira, Santana e Praia Grande, Valdinéia Santos, afirma que todos os alunos que procuraram as unidades de ensino estão devidamente matriculados e que ainda têm vagas para aqueles que desejam estudar na rede. “Temos duas classes inteira da pré-escola esperando por alunos para fechar a turma. Acreditamos que este ano vamos ter a chance de alfabetizar um número muito maior do que nos anos anteriores”, afirma.
A Secretária Olívia Santana, falou com todos os professores e funcionários das escolas e se comprometeu em fazer uma nova visita a Ilha e afirmou que na sua gestão a administração não será apenas de gabinete, quer ter o contato com a comunidade para ter a segurança que está no caminho certo. “Quero fazer um balanço, entre os dados que recebo nos relatórios e das realidades que encontro. Tenho a educação como um compromisso de vida, independente do cargo que exerço. Não fui convidada a vir a Ilha, vim porque quero conhecer as estruturas, saber da população o que realmente deve ser feito, pois só assim teremos uma administração com participação popular, que é o que pode mudar a atual situação. Só o povo pode dizer o que o povo quer”, garantiu.
A visita durou cerca de 4 horas, a equipe que acompanhava a secretária fez um levantamento das solicitações dos professores e da comunidade e se comprometeram em apresentar soluções possíveis para os problemas apresentados.