pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Jogo de xadrez ajuda no aprendizado de estudantes da rede pública

05 de mar de 2007 - dev

Em 25 estados brasileiros as escolas da rede pública têm no jogo de xadrez importante aliado para o processo de educação. São cerca de 500 mil estudantes aprendendo matemática e raciocínio lógico com a ajuda do jogo milenar.

Uma parceria firmada entre os Ministérios do Esporte, da Educação e as secretarias regionais garante a continuidade do projeto Xadrez nas Escolas, que teve início em 2004 e deve alcançar 1 milhão de estudantes ainda este ano.

Ensinar jovens e crianças a jogar xadrez têm se mostrado um importante complemento na formação dos alunos. Um estudo feito pelo Ministério da Educação (MEC) mostrou que a prática do xadrez ajuda no desenvolvimento de habilidades cognitivas, como a memória, o raciocínio lógico e a imaginação.

A técnica em assuntos educacionais do MEC Maria Eneida, que participou do levantamento, fala dos benefícios da iniciativa para os alunos. “Os estudantes desenvolvem melhor o raciocínio lógico e a criatividade e se concentram mais na hora de aprender matemática”.

Segundo o coordenador do Xadrez nas Escolas, Solon Pereira, os benefícios vão além dos educacionais: o jogo também ajuda a integrar e socializar os jovens. “É um jogo do qual meninos e meninas podem participar”.

O coordenador afirma que outra qualidade do projeto é o baixo custo. O governo gasta apenas R$ 1,30 mensais por aluno. O Ministério dos Esportes compra o tabuleiro e as peças do jogos e as encaminha para as escolas. As secretarias de Educação regionais ficam responsáveis pelo pagamento das pessoas contratadas para ensinar o jogo aos alunos. “Ninguém repassa dinheiro para ninguém, cada um faz a sua parte”, resume.

Para motivar os estudantes, o Ministério da Educação também promove campeonatos nas escolas. São 25 no total, além de um torneio entre escolas do Mercosul.

SALVADOR

Atualmente, 25 escolas oferecem aulas de xadrez na rede municipal de ensino, mas a pretensão é que em todas unidades tenham as aulas, a fim de melhorar a concentração dos alunos e desenvolver seu raciocínio lógico.

Para estimular o gosto dos estudantes pela prática do xadrez, no ano passado, a Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC), realizou o Campeonato de Xadrez, que reuniu 144 educandos de 18 unidade da rede municipal de ensino.

“O que faz o estudante gostar de xadrez é o momento lúdico e os desafios. Este esporte é usado principalmente como ferramenta pedagógica”, explica a professora de Educação Física, Anália Moreira, que leciona na Escola Municipal Mussurunga I .

O estudante Maicon Souza de Jesus, 9 anos, que cursa a 3ª série na Escola Municipal Profº Milton Santos, acredita nas influencias do xadrez sob o seu aprendizado. “ É divertido e ao mesmo tempo legal, porque consigo tirar boas notas em matemático e presto atenção em tudo que a minha professora fala”. Já Débora Silva Oliveira,12 anos, cursando a 8ª série na Escola Municipal Hilberto Silva, afirma que além de aprender matemática, o xadrez também ensina criar estratégias.

Segundo o secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello, o xadrez traz vários benefícios aos estudantes que praticam o esporte, como a facilidade com algumas disciplinas. “Eles alunos] passam a ter intimidade com disciplinas, como matemática, que exige muita concetração no momento da aula. Além disso, a prática do xadrez ajuda no desenvolvimento do raciocínio lógico e na imaginação”.

Fonte: Agência Brasil e SMEC