pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Jornada Pedagógica reúne dois mil docentes

04 de fev de 2013 - dev

Discutir a necessidade de um planejamento pedagógico eficaz e seus instrumentos de avaliação para melhorar o ensino e o aprendizado dos alunos na rede municipal. Estes foram alguns dos assuntos abordados durante a palestra “Contribuição das avaliações externas para o aprendizado dos alunos da Educação Básica”, ministrada pelo educador mineiro José Francisco Soares na manhã desta segunda-feira (4), no Hotel Fiesta.

Cerca de mil professores, diretores e coordenadores da rede participaram do evento. A palestra faz parte da “Jornada Pedagógica 2013” que acontece até a próxima quarta-feira (6), com o objetivo de preparar e motivar os docentes para receber os alunos no retorno às aulas, no dia 18 de fevereiro.

Durante a palestra, José Francisco ressaltou o papel do professor na Educação Básica, que tem como objetivo garantir ao aluno o aprendizado das capacidades necessárias para sua inserção crítica e produtiva na sociedade. “Por isso, a leitura e a matemática são fundamentais para a formação de um cidadão. Até os 8 anos, os alunos devem ser capazes de ler para aprender, mas antes devem aprender a ler”.

Educação infantil

Ainda nesta segunda-feira (4), outros mil professores e coordenadores pedagógicos da área de educação infantil participaram da palestra: “Planejamento na Educação Infantil: espaços, currículos e avaliação”, que aconteceu no auditório da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Pela manhã, o tema foi abordado pela mestre em Educação, Mônica Samia e no período da tarde a palestra foi proferida pela psicopedagoga e psicoterapeuta, Iris de Sá.

As professoras e colegas de trabalho, Fernanda Profasio e Geane Andrade, da Escola Municipal Gersino Coelho, no Doron, aprovaram a discussão sobre o ambiente adequado para atender as crianças. “Precisamos ter uma ambiente que favoreça o aprendizado dos alunos, temos que colocar os materiais ao alcance deles, além disso sempre diversificamos o ambiente escolar, com aulas na quadra e na biblioteca”, explicam.

Já a docente Juliana Santos, do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Hélcio Trigueiro, que fica em Sete de Abril, gostou da abordagem sobre currículo escolar e avaliação. “Precisamos colocar toda essa teoria que aprendemos hoje em prática. É necessário ter um olhar mais amplo sobre as crianças, respeitando, é claro, o tempo delas. Não podemos deixar de avaliar os nossos alunos”, conta.