OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

Literatura, poesia e show da Banda Eva marcam feira literária da Fazenda Grande II

22 de nov de 2016 - Jornalismo

Mais de 600 alunos da Escola Municipal Fazenda Grande II Ministro Carlos Santana, localizada em Cajazeiras, participaram nesta terça-feira (22) da 1ª Feira Literária (Flifag) da unidade escolar. Trazendo poesia, música, dança, teatro e diversas atividades culturais produzidas pela coordenação e por alunos de Educação Infantil, Ensino Fundamental I e Educação de Jovens e Adultos (Eja), de 4 a 70 anos, com apoio da Secretaria Municipal da Educação do Salvador (SMED), a feira foi encerrada com a apresentação da Banda Eva.

De acordo com a gestora da escola, Cássia Ferreira, o objetivo da Flifag é promover o gosto dos alunos pela leitura dos diversos gêneros textuais. “Nós sabemos que aqui é o único ambiente onde eles são incentivados a executar a leitura e apreciá-la diariamente. Eles tiveram a oportunidade de ler e interpretar aquilo que conheciam de outras formas, seja na música, na dança, no teatro ou através da declamação de poemas”.

Para o aluno Diogo Santos, a feira reflete na vida dele e dos alunos, trazendo o interesse pela leitura. “Aqui nós aprendemos a interpretar, dialogar e seguir adiante com a busca por conhecimento. Quanto mais nós lermos, melhor é”. O poema “Navio Negreiro”, de Castro Alves, um dos mais conhecidos da literatura brasileira e que descreve a dor dos escravizados ao serem arrancados de suas terras, foi interpretado musicalmente por alunos do Ensino Fundamental I.

30390993063_677ac6a47e_o

“Para nós, a Flifag é importante porque envolve cultura e arte. É uma maneira de integrar a comunidade à escola, além de valorizar o trabalho produzido pelas crianças com auxílio dos professores. Nós cultivamos o saber, o conhecimento e, com isso, motivamos os estudantes a terem o desejo de aprender e socializar, mostrando a importância dessa construção conjunta”, relata a professora do 1° ano B, Juliana Santos.

“É muito legal você perceber um assunto tão sério sob a perspectiva de uma criança. A criança é o futuro do mundo, de fato, e é muito bom a gente enxergar o lado dela. Ela sabe o que é preciso para mudar o país, o mundo, e a gente tem que ouvi-las e tê-las como exemplo para nossas vidas, nossas ações, e também sermos exemplos para elas. Trouxemos um pouco da nossa alegria para deixar o dia delas um pouco diferente do rotineiro, incentivando este contato com a cultura e com tudo que for relevante para o futuro delas”, afirmou Felipe Pezzoni, cantor da Banda Eva.

Durante a feira, as alunas da instituição Lunny dos Santos, Maria Gabriella e Flavia Santos, a professora e orientadora Adriana Reis e a gestora Cássia Ferreira, representando a escola, receberam das mãos de Felipe Pezzoni a placa em prata e o certificado do concurso “Pesquisar e Conhecer para combater o Aedes Aegypti”, realizado pelo Ministério da Educação (MEC). As alunas ganharam o concurso após a produção de um vídeo onde sugeriam formas de combater o mosquito e sua reprodução.

Clique aqui e confira a galeria de imagens completa.