pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Matrícula ágil em 15 minutos

05 de jan de 2005 - dev

Pedro Castro Filho e Maira Azevedo

No primeiro dia da matrícula (04 de janeiro) de alunos novos para o ano letivo de 2006, a informatização do processo reduziu substancialmente o tempo de espera para a inscrição dos estudantes novos na rede municipal de ensino. Ontem (04) foram matriculados 13.693 alunos nas escolas da rede, representando um acréscimo de matrícula de 30% em relação ao primeiro dia da matrícula de 2005. Os responsáveis pelos novos alunos esperaram, em média, 15 minutos para a matrícula de seus filhos.

Até o dia 06 continuam sendo realizadas as matrículas para Educação Infantil e 1ª série. E entre os dias 09 e 13 de janeiro serão efetuadas as matrículas de alunos novos para 2ª à 8ª séries. As aulas têm início no dia 13 de fevereiro.

Para o ano letivo de 2006, foram disponibilizadas 62.967 vagas para alunos novos, representando mais 4.945 vagas na rede em relação à 2005. Devido à agilidade proporcionada pela adoção do processo de informatização, o clima foi de tranqüilidade no primeiro dia de matrícula, sem filas.

O total da oferta de vagas para o ano letivo de 2006, incluindo alunos novos e antigos, é de 186.836. O processo de matrícula dos alunos antigos contemplou 124.559 estudantes e já foi concluído em dezembro.

As matrículas podem ser realizadas em todas as unidades de ensino da rede municipal, nas Coordenações Regionais Escolares (CRES- endereço no site www.educacao.salvador.ba.gov.br) e nas 17 Administrações Regionais (ARs- endereços no site www.salvador.ba.gov.br). Maiores informações podem ser obtidas através dos telefones 3611-3230 / 3231 / 3232 / 3233/ 3234 / 3235 / 3236 / 3237 / 3238 / 3239.

Matrícula sem transtornos e filas

No Instituto Municipal de Educação José Arapiraca (Imeja), localizado na Boca do Rio e uma das maiores escolas da rede municipal de ensino, os responsáveis gastaram, em média, 15 minutos para a matrícula de seus filhos. Com o processo de informatização, ao chegar no colégio o responsável recebe uma senha. Logo após, é chamado para os centros de informática, onde é realizada a matrícula.

Uma das novidades do processo de informatização é a possibilidade da matrícula em outras unidades da rede municipal com vagas disponíveis a partir da presença do responsável em qualquer uma das escolas públicas. O ambulante Carlos dos Santos, 30 anos, por exemplo, compareceu ontem (4) à Escola Municipal Osvaldo Cruz, localizada no Rio Vermelho, visando matricular o seu filho em uma unidade escolar da CRE Cabula. Conseguiu uma vaga para Ítalo Queiroz Santos, 7 anos, na Escola Municipal Maria Felipa, localizada na CRE Cabula.

Segundo Rita de Cássia Andrade Laura, diretora da Escola Municipal Osvaldo Cruz, até às 16 horas do dia 04 de janeiro tinham sido matriculados através do centro de informática montado na escola 38 alunos. Deste total, 24 irão estudar na própria unidade de ensino e 14 freqüentarão as aulas em outras escolas. ”Alguns responsáveis procuraram esta escola, localizada no Rio Vermelho, e matricularam seus filhos em colégios localizados em Coutos e Pernambués, por exemplo”, afirmou.

Já a diretora da Escola Municipal Agripino Barros (CRE Subúrbio I), Sueli Ribeiro, afirmou que este é o primeiro ano que a matrícula ocorre sem transtornos e filas. “As pessoas estão sendo atendidas em cerca de 5 minutos, às vezes até menos. Está sendo uma grande satisfação trabalhar com esse novo sistema. Facilitou muito o nosso serviço”, afirmou.

Segundo Ana Cecília Gonzáles, diretora da Escola Municipal Afonso Temporal, localizada em Valéria, o movimento foi normal no primeiro dia de matrícula na unidade escolar. Ontem (04) foram matriculados 80 novos alunos no colégio.