pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Mercado de trabalho é debatido entre profissionais e alunos

26 de set de 2012 - dev

Cerca de 300 alunos da rede municipal de ensino tiveram mais uma vez a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre algumas profissões. Eles participaram do evento “A Roda de Conversa”, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (26), no Teatro Solar Boa Vista, no Engenho Velho de Brotas, com a participação de uma como artista circense, um jornalista, uma fotógrafa, um esportista, um músico e uma médica.

Entre os presentes nesta segunda rodada de bate-papo estava o jornalista Uziel Bueno, que falou sobre sua experiência a frente de dois programas policiais na TV e de como se tornou jornalista ao invés de advogado, como sua mãe gostaria. “O sistema é bruto, mas não é para quem estuda. Valeu à pena escutar minha mãe, meus professores, porque quando chegou o momento de escolher minha profissão, eu sabia o que queria. Nunca parei de estudar, até mesmo aquelas matérias que não gostava muito”.

A aluna Mikaely dos Santos, 13 anos, do 8º ao da Escola Municipal de Pituaçu, questionou o jornalista o porquê de fazer um programa voltado para as mazelas da sociedade, e não um programa de educação, cultura ou lazer. Uziel afirmou que ele sempre buscou mostrar a realidade do dia-a-dia de Salvador e, que infelizmente, está passando por um período difícil na segurança pública. “Algumas pessoas acham que é sensacionalista, mas digo sempre que tem que ter alguém para fazer o trabalho sujo. Temos que mostrar tudo o que acontece. É importante mostrar a cultura, a dança, a música, mas também devemos denunciar as coisas ruins”, declarou.

“As pessoas acham que artista não estuda, mas pelo contrário. Eu estudei, batalhei e amo o que faço. Mesmo sofrendo um grande acidente, que me deixou por um bom tempo sem andar, não desisti e isso ajudou na minha recuperação. O importante é gostar do que faz e ser feliz”, explicou a artista circense Carol Guedes para os alunos das escolas municipais Governador Roberto Santos (Cabula); de Fazenda Coutos (Fazenda Coutos II); Dona Arlete Magalhães (Castelo Branco); de Pituaçu (Pituaçu); Pirajá da Silva (Liberdade) e Cidade de Jequié (Federação).

Além do apresentador e da artista circense, também participaram do encontro o ex-jogador do Vitória e atual treinador de zagueiros do clube, Flávio Tanajura; a pedagoga Maria do Socorro Almeida; a médica Milena Chagas Ramos; a fotógrafa Carol Garcia; e o cantor de Hip-hop do grupo Fúria Consciente, Joelson Ferreira.

PROJETO – O evento faz parte do projeto “Mediando Conflitos” da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) e tem como objetivo difundir a cultura da paz nas escolas para que os alunos sejam protagonistas dentro de sala de aula e no seu bairro. “Esse encontro foi muito interessante, porque conseguimos entender um pouco mais dessas profissões e de que não vivem só de glamour, mas também encontram dificuldades e, inclusive, de achar sua própria profissão”, ressaltou o aluno Adauto Menezes, 14 anos, eleito o embaixador da paz da Escola Municipal Fazenda Coutos.

Até outubro, 1.200 alunos de todas as 41 escolas municipais que oferecem o Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) serão beneficiados com o encontro com profissionais. As próximas rodadas acontecem nos dias 10 e 24 de outubro e cada encontro contará com a presença de mais 300 alunos, do Ensino Fundamental II, de outras seis escolas.