pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

MP e Secult firmam acordo para combater a corrupção

26 de jul de 2012 - dev

A partir desta sexta-feira (27) as crianças da rede municipal de ensino de Salvador aprenderão uma nova lição: o combate à corrupção. Em pleno processo eleitoral, um acordo entre a Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) e o Ministério Público, vai levar para as salas de aula o projeto “O que você tem a ver com a corrupção?”, criado pelo MP como forma de conclamar a sociedade brasileira a se envolver ativamente no combate ao crime.

O documento de cooperação será assinado às 9 horas, no Instituto Municipal de Educação Professor José Arapiraca (Imeja), na Boca do Rio, pelo secretário João Carlos Bacelar. Participam do evento a coordenadora estadual da campanha, a promotora Heliete Viana, e o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias da Cidadania, o promotor Valmiro Santos Macedo. Para o MP, a prática da corrupção é muito presente na cultura brasileira, por isso, o apoio da sociedade civil organizada é fundamental à ação de combate, pois, sem a participação social, não haverá órgão público de controle externo que solucione o problema da corrupção na administração pública.

“A corrupção é um comportamento danoso à sociedade e à efetividade dos direitos humanos e sociais”, ressaltou Heliete Viana, coordenadora da campanha no estado. “Temos que trabalhar muito para ver uma sociedade em que se predomina a conduta ética, mas é preciso que comecemos já, porque, se não, esse desejado futuro nunca acontecerá”, concluiu.

E quanto mais cedo essas noções forem trabalhadas, melhor, como destaca o secretário João Carlos Bacelar. “A ética só vai predominar na sociedade se a educação estiver em primeiro lugar e se desde cedo os conceitos de cidadania forem trabalhados com as crianças. E o sucesso deste processo depende do envolvimento das redes de educação, sejam elas públicas ou privadas”, enfatizou.

Na rede municipal o projeto vai beneficiar alunos das 41 escolas que oferecem o Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano). A campanha aborda, dentre outros temas, a importância do voto consciente, por isso, será trabalhado em associação a outra ação já realizada pela Secult, o projeto Mediando Conflitos na Escola. Ao final do projeto, os alunos vão realizar uma eleição, seguindo os moldes da realizada no país, para que os estudantes de cada escola elejam o seu ‘Embaixador da Paz’.

Serviço

– O Que: assinatura de acordo entre o MP e a Secult
– Onde: Instituto Municipal de Educação Professor José Arapiraca (Imeja) – Rua Abelardo Andrade De Carvalho, Boca do Rio
– Quando: 27.07.2012 / 9 horas