pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Parceria entre SMEC e Terreiro Ilê Axé Apô Ofonjá beneficia alunos

28 de fev de 2008 - dev

Amanhã (29), às 09h00, o secretário municipal de Educação e Cultura em exercício, Cláudio Silva, o secretário de Governo, Gilmar Santiago, e Mãe Stella de Oxóssi celebrarão, no terreiro Ilê Axé Apo Ofonjá, localizado em São Gonçalo do Retiro, uma parceria que beneficiará milhares de alunos da rede municipal de ensino em várias frentes. Uma das principais ações será a inauguração, num prazo de 15 dias, de um Centro Municipal de Arte e Educação no terreiro. Alunos de escolas municipais localizadas na região e também outras crianças e jovens da comunidade serão beneficiados com aulas de dança, teatro, poesia, literatura e outras manifestações artísticas. Também estará à disposição da comunidade um laboratório de informática.

“Considero esta parceria mais uma benção de Deus. Afinal, além da religião, praticamos um relevante trabalho social que está tendo o reconhecimento de parceiros para a ampliação das nossas atividades”, afirmou Mãe Stella de Oxóssi. O terreiro, situado numa área de 60.000m2 e tombado pelo IPHAN, conta nas suas dependências com um museu e uma biblioteca.

Um livro de autoria de Mãe Stella de provérbios em iorubá será distribuído aos professores da rede municipal de ensino para ser inserido no Ensino da História da África e da Cultura Afro-Brasileira e Africana. Serão adquiridos pela SMEC 2.500 exemplares. Em 2005, Salvador tornou-se a primeira capital do país a praticar em todo o sistema municipal o Ensino da Cultura Afro-brasileira, conforme determina a Lei 10639/03.

“Nossas parcerias também se estenderão à educação ambiental, tendo ainda nessa ação a participação do Governo do Estado, através do CRA, e da Limpurb, com a coleta seletiva e oficinas de reciclagem de lixo na Escola Municipal Eugênia Anna dos Santos”. Os alunos da unidade escolar, localizada há 21 anos no terreiro Ilê Axé Apô Ofonjá, recebem todas as terças-feiras a visita do mascote Epe Laye, com sua indumentária alusiva a uma árvore. A nomenclatura, em iorubá, significa Terra Viva.

De acordo com o secretário municipal de Governo, Gilmar Santiago, “esta parceria da SMEC com o terreiro que implantará um centro de arte e educação, além de outras ações, é uma clara demonstração do governo João Henrique no sentido de atuar em conjunto com qualquer religião ou outros segmentos que tenham um trabalho voltado para minimizar a exclusão social”, frisou.