pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Personalidade Educacional 2006 – Secretário Ney Campello será agraciado com o Prêmio Amélia Rodrigues

23 de out de 2006 - dev

O secretário municipal da Educação e Cultura, Ney Campello, foi um dos vencedores do “Prêmio Personalidade Educacional 2006 – Professora Amélia Rodrigues”. Além do secretário, foram eleitos o atual reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Naomar Almeida, e o diretor- geral do jornal A Tarde, Edvaldo Boaventura. O prêmio será concedido em solenidade no Palácio da Aclamação, no dia 26 de outubro, às 19 horas. Promovido pela Associação Bahiana de Imprensa (ABI), Academia Baiana de Educação e Folha Dirigida, o prêmio, que leva o nome de “Prêmio Amélia Rodrigues” em homenagem a essa que foi um das maiores educadoras baianas, tem como objetivo homenagear aqueles que se destacaram no âmbito da educação e da cultura na Bahia.

A comissão de apuração desta primeira edição do prêmio teve como membros o ex-governador e presidente da Academia Baiana de Educação, Roberto Santos, o vice-presidente da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), José Jorge Randam, e o diretor da sucursal baiana da Folha Dirigida, Antônio Dias. O colégio eleitoral foi constituído por 600 participantes, dentre diretores, reitores, professores, sindicalistas, presidentes de associações e entidades, conselheiros educacionais e autoridades políticas atuantes na área educacional. Em uma cédula, cada votante indicou duas personalidades e uma instituição educacional ou cultural. A instituição vencedora foi a Universidade Federal da Bahia.

“A criação deste prêmio é um reconhecimento ao trabalho dos educadores. É uma honra ser agraciado com este prêmio, principalmente por estar ao lado do mestre Edvaldo Boaventura e do cientista e reitor da UFBA, Naomar Almeida. Esta distinção é o coroamento da primeira etapa de uma revolução silenciosa na educação pública municipal comandada pelo prefeito João Henrique. É o reconhecimento a um trabalho de equipe dos funcionários da secretaria, professores, diretores e também à dedicação dos pais e alunos”, avaliou.

Desde o inicio da gestão, a SMEC tem promovido ações com o objetivo de oferecer aos estudantes uma educação pública de qualidade. São projetos como o projeto de inclusão sócio-digital, que já ofereceu a 3.000 alunos e moradores das comunidades situadas próximo às escolas cursos gratuitos de informática. Até ábril do próximo ano, o projeto atingirá 7.540 mil pessoas. Já existem 146 laboratórios de informática nas escolas. Até o final de 2004, os 177.000 alunos da rede municipal de ensino contavam somente com 56 laboratórios de informática. E, atualmente, todas as 366 escolas da rede municipal de ensino têm nas suas dependências computadores para serviços administrativos, conectados à internet. A tecnologia propiciou, em 2006, a adoção da Matrícula Informatizada Social, extinguindo as intermináveis filas na época das matrículas.

Outra ação de integração entre a escola e a comunidade é o Programa Escola Aberta, que completou um ano. Todos os finais de semana, 40 unidades da rede municipal de ensino abrem suas portas aos moradores dos bairros onde estão situados os colégios, ofertando cultura, lazer, atividades esportivas e oficinas profissionalizantes. O programa é uma parceria entre a o MEC, a UNESCO e a SMEC.

Outra ação constante desde o início da gestão do prefeito João Henrique é a ampliação e reestruturação da rede física escolar. Em apenas um ano e oito meses, a atual gestão já inaugurou, reconstruiu ou reformou totalmente vinte escolas municipais.