pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Prefeitura assina convênios para ampliar telecentros e quadras esportivas

02 de mar de 2007 - dev

A Prefeitura Municipal de Salvador , através da Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC) assinou convênio com o Ministério de Ciências e Tecnologia , no dia 28 de fevereiro, no gabinete do prefeito, para viabiliza a construção de três telecentros nas escolas municipais Padre Meregalli (Estrada Velha do Aeroporto), Escola Laura Sales de Almeida (São Cristóvão) e Escola Julieta Calmon (Boca do Rio).

Os telecentros, que também estarão disponíveis aos moradores das comunidades localizadas no entorno das escolas, propiciarão aos usuários noções básicas de informática e acesso à internet. A implantação dos telecentros será nas escolas: Padre Meregalli (Estrada Velha do Aeroporto), Laura Sales de Almeida (São Cristóvão) e Julieta Calmon (Boca do Rio).

O secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello, recordou que recentemente foram certificados cerca de três mil jovens pelo Programa de Inclusão Sócio Digital da Secretaria, em parceria com o Instituto Stephanini. “Até o início desta gestão, a rede pública municipal contava com 56 laboratórios de informática. Hoje já temos 146 laboratórios e neste ano construiremos mais 33”, frisou.

Entre os que receberam certificado de conclusão dos cursos oferecidos pelo Projeto de Inclusão Sócio Digital, no ano passado, estão adolescentes e adultos. O público atendido é composto, em sua maioria, de pessoas com baixo poder aquisitivo e com renda familiar de no máximo dois salários mínimos, compartilhado em média com seis pessoas por família. São beneficiadas crianças, adolescentes e pessoas da comunidade, oriundos de escolas públicas. Estão disponíveis aos alunos os cursos de informática básica, informática avançada, manutenção de hardware e orientação profissional.

O Projeto de Inclusão Sócio Digital não oferece apenas os cursos, os alunos com melhor desempenho são encaminhados para um emprego. Um exemplo é o estudante Bruno Rosendo, 17 anos, ex-aluno do projeto e hoje monitor na Escola Municipal Arlete Magalhães, em Castelo Branco. “É muito gratificante passar para estas pessoas tudo aquilo que aprendi. Assim, estou contribuindo com a oportunidade que me ofereceram e ajudando a muitos jovens que não podem pagar por um curso de informática”, afirma.

Segundo o secretário municipal da Educação e Cultura, Ney Campello, a preparação dos jovens para o mercado de trabalho está na perspectiva de uma cidade educadora, que não se preocupa apenas com a educação formal, mas de realizar políticas públicas capazes de tornar os estudantes competitivos. “Salvador é uma cidade que oferece muita vaga de emprego, mas não tem mão-de-obra qualificada. Por isso, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal da Educação e Cultura, tem investido em uma educação profissionalizante”, afirma o secretário.

Esporte

Outro convênio também foi assinado entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal, que realiza a construção de quadras poliesportivas em bairros populares. A parceria garante a construção de nove quadras em Alto de Coutos; Valéria; Cajazeiras; Fazenda Grande e Estrada das Barreiras. “A cidade conta com uma carência de equipamentos esportivos”, frisou o secretário municipal de Esporte, Lazer e Entretenimento, Arnando Lessa.

Na educação, o esporte tem sido bastante valorizado nesta gestão. No ano passado, a Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC) assinou, em 2006, um com o Ministério do Esporte, que liberou R$ 3 milhões para a ampliação do número de quadras poliesportivas na rede municipal de ensino.

Através desta parceria, já estão sendo construídas mais 22 quadras, que até o inicio do próximo ano devem estar prontas para atender os alunos das unidades da rede municipal de ensino. Atualmente, 30 colégios municipais contam com espaços esportivos.