Prefeitura divulga alunos vencedores do Prêmio Jorge Amado 2019

06 de nov de 2019 - Jornalismo

Salvador conheceu, nesta quinta-feira (31), os estudantes vencedores da quarta edição do Prêmio Jorge Amado de literatura. O resultado do concurso foi divulgado no Diário Oficial do Município (DOM). A premiação é uma iniciativa da Secretaria Municipal da Educação (Smed), por meio de ações que integram o Plano Municipal do Livro, da Leitura e da Biblioteca (PMLLB) de Salvador.

Na categoria poesia, a Escola Municipal Pedro Veloso Gordilho (São Cristóvão) garantiu o 1º e o 3º lugar, representados pelos alunos Gustavo Santos e Fred Leandro Silva, respectivamente. A segunda colocação ficou com a Escola Municipal Santa Rita (Luiz Anselmo), representada por Deivide dos Santos.

Já a primeira colocação na categoria conto ficou com a aluna Débora Beatriz Lopes, da Escola Municipal Beatriz de Farias (Boca da Mata). As demais posições foram ocupadas pelos alunos Cauã Reymond Medeiros e Aiyê Biodê Jesus, das escolas Assistencial São José (São Caetano) e Lagoa do Abaeté (Itapuã), respectivamente.

Com os romances intitulados “Meu amado bandido” e “Chance no amor” a escola Brigadeiro Eduardo Gomes (Itapuã) garantiu as duas primeiras colocações na categoria com orientação da professora Eliane Souza da Silva Neves. As alunas Ana Beatriz Neri e Alice dos Santos Rocha foram a autoras dos romances. Já o terceiro lugar foi ocupado pela escola Professor Manoel Henrique da Silva Barradas (Ilha Amarela) com a aluna Júlia Vitória dos Santos.

Em dramaturgia, o primeiro lugar ficou para Thaillane Santos Rosário de Jesus, da Escola Municipal Teodoro Sampaio (Santa Cruz), com a obra O Castelo de Corvin e os seus mistérios. Na segunda colocação, ficou Evelyn Pimentel Caldas, da Escola Municipal Pirajá da Silva (Liberdade), com a peça O tesouro perdido. A aluna da Escola Municipal Prof. Manoel de Almeida Cruz (Cajazeiras), Arielle Santos da Silva, autora de Por trás das câmaras, conquistou o 3º lugar.

“O poder do perdão”, obra da aluna Caroline Lima da Silva, da Escola Municipal Nova Sussuarana, conquistou a primeira colocação na categoria História em Quadrinhos (HQ). Em segundo lugar, ficou Alex Lima Pinto, da Escola Municipal Senador Antônio Carlos Peixoto de Magalhães (Rio Sena), com “Sem contrastes não há reflexão”. Da Escola Municipal Gersino Coelho (Doron) vem o terceiro lugar. Trata-se da obra “O dia agitado de Fernanda e sua mãe”, do aluno Davi Costa da Silva.

Estímulo – O Prêmio Jorge Amado é direcionado a estudantes das escolas públicas da rede municipal que estão cursando o ensino fundamental anos iniciais (1º ao 5º ano), ensino fundamental anos finais (6º ao 9º ano) e alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os vencedores receberão os prêmios de R$ 4 mil para os primeiros colocados, R$ 3 mil para os segundos lugares e R$ 2 mil para a terceira colocação. Será concedida medalha de Honra ao Mérito ao professor orientador, identificado na ficha de inscrição do aluno premiado.

A comissão julgadora dos trabalhos submetidos ao prêmio foi composta por profissionais da Smed, Universidade Federal da Bahia (Ufba), União Baiana de Escritores (Ubesc), Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), Unifacs Universidade Salvador e Universidade Católica do Salvador (Ucsal), que também apoiou o desenvolvimento do processo de seleção e julgamento.

Download (PDF, 3.16MB)