pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Prefeitura lança a pasta de textos para o ensino de História da África e Cultura Afro-brasileira

25 de nov de 2005 - dev

Pedro Castro Filho

No dia 28 de novembro, às 9h30, no Centro de Convenções, professores das redes pública e privada receberão a “Pasta de Textos do Professor e da Professora para o Ensino de História da África e Cultura Afro-brasileira”. O evento contará coma presença do prefeito João Henrique e da secretária municipal de educação e Cultura, Olívia Santana, dentre outras autoridades. Desde o início do segundo semestre letivo deste ano, Salvador tornou-se a primeira cidade do país a implantar em toda a rede municipal o ensino de História da África e Cultura Afro-brasileira, conforme determina a lei federal 10.639/03.

Os textos foram escritos por renomados autores. Dentre eles, Yêda Pessoa de Castro (professora da UFBa) e Mary Garcia Castro, PHD em Sociologia. Os textos abordam temas como a relação entre gênero e raça e fatos históricos, como a Revolta dos Malês e a Revolta dos Búzios “Através desta pasta, os professores terão subsídios para trabalhar com segurança o ensino de História da áfrica e Cultura Afro-brasileira”, frisou a secretária Olívia Santana.

Em solenidade realizada no dia 25 de maio deste ano, na reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBa), o corpo docente da rede municipal de ensino recebeu as diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais. Na ocasião, o prefeito João Henrique considerou a iniciativa como “histórica”, pois está desvendando uma visão da história do Brasil que sempre foi relegada ao segundo plano. A História da África está sendo lecionada inserida no conteúdo didático da disciplina História e a Cultura Afro-brasileira de forma transversal entre as diversas disciplinas.

Os objetivos desta ação priorizam a necessidade de contribuir com a valorização da presença africana na formação da identidade nacional. Para o prefeito, esta iniciativa vai gerar uma mudança de mentalidade, de comportamento e de pequenos gestos cotidianos capazes de influenciar a história de um povo.

De acordo com João Henrique, ao implantar essa lei, a sociedade passa a ser convidada a olhar para a própria história, a reconhecer os erros e lacunas do passado e o tamanho do prejuízo que isso causa no presente.

Segundo a a secretária municipal da Educação e Cultura, Maria Olívia Santana, “a nossa intenção é fazer de Salvador uma referência nacional para este aprendizado”. Ela destacou aspectos da história do Brasil que não são mencionados em sala de aula, como o extermínio de milhares de negros e índios pelos colonizadores.

Prêmio Zumbi dos Palmares

Conta ainda da programação do evento do dia 28 de novembro a entrega dos troféus aos alunos da rede municipal melhores colocados no Prêmio Zumbi dos Palmares. Através de uma parceria com a Editora Oceano, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura lançou, através de portaria publicada no dia 11 de julho no Diário Oficial do Município, o Prêmio Zumbi dos Palmares. Esta iniciativa consiste na seleção das melhores redações dos alunos da rede municipal de ensino sobre Zumbi dos Palmares e sua contribuição no processo de formação da sociedade brasileira e na luta dos negros por igualdade, liberdade e justiça.

Os candidatos foram distribuídos nas categorias Mirim (3ª, 4ª e 5ª séries) e
Juvenil (6ª, 7ª e 8ª séries). Os textos vencedores de cada unidade escolar irão compor a coletânea “Prêmio Zumbi dos Palmares de Literatura”.

A comissão julgadora emitiu o resultado baseada nos seguintes critérios: pertinência ao tema proposto; coerência e coesão; observação da estrutura da modalidade textual desenvolvida; avaliação gramatical e ortográfica e criatividade e originalidade. Seis alunos vencedores e seus professores participarão no dia 28 de novembro da solenidade de premiação. Além da divulgação de seu texto, o primeiro lugar será contemplado com um computador, uma enciclopédia e uma viagem à Serra da Barriga, em Alagoas, onde estava localizado o Quilombo dos Palmares. O segundo e o terceiro lugar receberão um computador e um dicionário.